Engenheiro Afonso Lins se desfilia do PV e só vai disputar eleição para o Sistema Crea

“Assumi um compromisso com a minha família de que a eleição de 2018 seria a minha última", destaca Afonso Lins

O engenheiro Afonso Lins se desfiliou do Partido Verde (PV) e anunciou o fim da sua carreira político-partidária. Candidato à presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), Afonso Lins cumpre uma decisão familiar e garante que agora só concorrerá a cargos dentro do Sistema Confea/Crea/Mútua. A eleição para o Crea Amazonas está marcada para 15 de julho. O Conselho tem hoje mais de 24 mil profissionais registrados.

“Assumi um compromisso com a minha família de que a eleição de 2018 seria a minha última. Agradeço os 11.516 votos que eu recebi quando me candidatei a deputado estadual, mas estou me desfiliando do Partido Verde e pretendo contribuir com a minha cidade e meu Estado como profissional da Engenharia e dentro do Sistema Confea/Crea/Mútua”, afirmou Afonso Lins.

Formado em Engenharia Civil, Ciências Econômicas e Direito, Afonso Lins, aos 52 anos, ocupou diversos cargos na vida pública. Foi superintendente do Dnit/AM, assessor especial do Ministério dos Transportes, secretário-chefe do gabinete civil da prefeitura de Manaus, ouvidor do município, coordenador do Procon Manaus, diretor de habitação da extinta Urbam, entre outros cargos. Hoje trabalha como engenheiro da Defensoria Pública do Estado e é presidente licenciado do Crea-AM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here