Encontro vai debater sobre os Acervos Artísticos de Manaus

Imagem: Divulgação

No dia 30 de novembro, sexta-feira, às 15h, o Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas, em parceria com a Galeria do Largo/ Secretaria de Cultura do Estado, organizam um encontro para tratar sobre os acervos artísticos no contexto da cidade de Manaus, que tem como tema a aquisição, a manutenção, a pesquisa e a exposição de acervos de arte.

Os convidados farão comunicações orais e trocarão experiências sobre os vários aspectos dos acervos artísticos, dentro das suas áreas de atuação como pesquisadores institucionais ou independentes. Cada palestrante terá 15 minutos para expor sua fala e haverá debates com o público a cada bloco de apresentações.

Estarão presentes representantes da Universidade Federal do Amazonas, para falar sobre os acervos do Centro de Artes da Ufam e do Museu Amazônico, além da Faculdade de Artes, que tratará da pesquisa e implementação do Centro de Documentação e Memória da Cultura na Amazônia. Pela Secretaria de Cultura, ocorrerá uma fala sobre o acervo da Pinacoteca do Estado. Sobre a pesquisa e curadoria de exposições de acervos institucionais que ocorrem, atualmente, na Galeria do Largo/SEC: Aiuricáua (acervos do IGHA, Museu Amazônico e Pinacoteca do Estado) e Caua-Ufam (coleção do Caua). Fechando a programação, Rila Arruida dará um panorama sobre museus de Manaus, resultado de sua pesquisa e livro.

Outras instituições com acervos artísticos também foram convidados para o encontro, mas, por motivos diversos, não puderam mandar um representante institucional – a Manauscult, que mantém o acervo Thiago de Mello, no Paço, e a pedra fundamental da Pinacoteca Municipal; e o ICBEU, com o mais recente acervo de arte contemporânea da cidade.

A ideia é que haja um encontro para tratar sobre acervos artísticos, pelo menos, uma vez por ano, para que as instituições locais, colecionadores privados e pesquisadores na área possam dialogar sobre o seu campo de atuação, os desafios e as soluções encontradas para lidar com a responsabilidade em se manter e expor acervos artísticos na cidade de Manaus, por causa de suas peculiaridades – local de guarda, custos, clima, transporte, mão de obra especializada, etc.

Cristóvão Coutinho

O encontro Acervos Artísticos será mediado pela diretora do Caua, Priscila Pinto Maisel e pelo diretor da Galeria do Largo, Cristóvão Coutinho, em mais uma parceria institucional entre a Universidade Federal do Amazonas e a Secretaria de Cultura.

Segue a programação das comunicações: 

Acervo de Artes Visuais do CAUA – formação, guarda e estado atual

-Cristóvão Coutinho – Artista visual, curador, diretor da Galeria do Largo/SEC, esp. em Artes Plásticas e contemporaneidade – UEMG

-Regina Vasconcellos  Professora da UFAM, formada em Museologia-UFRJ, especialista em Museologia-UFAM,  mestre em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia-UEA.

O Museu Amazônico e suas coleções: formação, documentação, conservação e restauro. 

-Bruno Trece – Arquivista da UFAM, formado em Arquivologista pela UFF, especialista em Preservação do Patrimônio de Ciência e Tecnologia pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins;

-Mayara Domingues Monteiro – Museóloga do Museu Amazônico-UFAM, pós-graduada em “Museografia e Patrimônio Cultural” – Claretiano Centro Universitário, bacharel em Museologia-UnB 

Acervo da Pinacoteca do Estado do Amazonas

Naiara Arruda- Turismóloga, ex-gerente da Pinacoteca do Estado 

Do IEB/USP ao CEDOMCA/UFAM: uma trajetória entre a salvaguarda e a pesquisa em acervos culturais históricos

Roberta Paredes – Professora da FAARTES-UFAM, coordenadora do Laboratório Centro de Documentação e Memória da Cultura na Amazônia – CEDOMCA/FAARTES, graduada em Lic. em Artes Plásticas-UFAM e mestre pelo programa Cultura e Identidades Brasileiras – IEB/USP 

Aiuricáua e o regionalismo em Manaus: pesquisa empreendida para uma exposição de cultura visual

Sávio Stoco – Pesquisador e artista visual, mestre em artes visuais – UNICAMP e doutorando em meios e processos audiovisuais – USP 

Exposição Acervo Caua/Ufam: lugar de  guarda, preservação, pesquisa, memória e exposição

Priscila Pinto Maisel – Artista visual, professora da FAARTES-UFAM, diretora do CAUA, formada em Lic. em Artes Visuais, mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia -UFAM 

Panorama dos Museus de Manaus

Rila Arruda da Costa – Pesquisadora, graduada em Ciências Sociais e Mestra em Sociologia-UFAM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here