Empresário e taxista são presos com 80 quilos de cocaína avaliados em R$ 1,5 milhão

Foto: Erlon Rodrigues
Foto: Erlon Rodrigues

A Polícia Civil do Amazonas, por meio das equipes do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), em ação conjunta com a Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP–AM), deflagrou na quarta-feira (28/3) ação policial que resultou na apreensão de 80 quilos de cocaína, avaliados em aproximadamente R$ 1,5 milhão, e nas prisões, em flagrante, do empresário Edson Francisco Alves de Souza, 33, e do taxista Haroldo da Silva Mendonça, 58, por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. 

O balanço da ação foi apresentado pelo vice-governador do Estado e secretário da SSP-AM, Bosco Saraiva, e pelo delegado Paulo Mavignier, diretor do Denarc, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (29/3), no prédio da Delegacia Geral.

De acordo com Mavignier, as investigações em torno do caso tiveram início há aproximadamente dez dias, quando as equipes de investigação do Denarc e Seai, que já monitoravam Edson, receberam a informação de que o empresário faria a entrega de substância ilícita e que a droga estaria armazenada na casa dele, localizada em um condomínio de luxo na avenida Torquato Tapajós, zona norte da capital.

Durante campana no lugar, na tarde de quarta-feira (28/3), por volta das 14h, os policias civis verificaram movimentação suspeita na residência de Edson e seguiram um veículo modelo Lifan, de cor prata, conduzido pelo empresário. Minutos depois, ainda em via pública, o infrator se encontrou com o taxista, que estava em um carro modelo Grand Siena, de cor branca. Os dois indivíduos trocaram de carro e Edson deixou o local no Grand Siena. Ao retornar ao lugar da troca, onde o taxista o aguardava, os policiais civis abordaram os indivíduos.

“Durante revista nos carros encontramos no porta-malas do veículo de Haroldo 38 tabletes de cocaína. Na ocasião, Edson confessou ter mais droga em casa, onde apreendemos, dentro de cinco botijas de gás, 28 tabletes da substância ilícita, totalizando 66 tabletes de cocaína pura que, somados, equivalem a 80 quilos da droga, avaliados, aproximadamente, em R$ 1,5 milhão. Os infratores estão sempre procurando novas formas de burlar o trabalho da polícia, mas, ainda assim, temos tido êxito em nossas operações para combater o crime”, argumentou Mavignier.

O vice-governador e secretário da SSP-AM, Bosco Saraiva, que esteve presente na coletiva, falou sobre o sucesso da ação. “A Seai, juntamente com o Denarc e outros grupos especializados, já vinha acompanhando e investigando, fazendo o trabalho de inteligência intenso, que coincidiu exatamente de ontem ser feita a apreensão de 80 quilos de cocaína pura. A partir daí haveria uma multiplicação desta substância ilícita, que agora está apreendida. As investigações continuam para que possamos ter êxito em outras apreensões”, pontuou.

Edson e Haroldo foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, os indivíduos serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here