Em Manaus, número de vítimas fatais no trânsito cai 100% durante o Réveillon

(Foto: Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) reforçou a fiscalização nas ruas de Manaus durante o feriado do Réveillon e reduziu o número de vítimas fatais envolvidas em acidentes de trânsito na capital. Entre os dias 28 de dezembro de 2017 e 1º de janeiro de 2018 foram registradas três mortes, já entre 28 de dezembro do ano passado e a última terça-feira (1º) não houve registro de vítimas fatais em acidentes de trânsito, uma queda de 100%.

Os dados são da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), e foram divulgados na manhã desta quarta-feira (02/01), pelo diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá.

“Nós intensificamos as ações nesse fim de ano em todo o Estado. Infelizmente, nas estradas, muitos acidentes são causados pela impudência do próprio condutor, algo que a gente vem combatendo por meio de campanhas de conscientização e de responsabilidade do condutor”, ressaltou Sá.

No interior do Estado foram registradas oito vítimas fatais envolvidas em acidentes de trânsito.

 EMBRIAGUEZ AO VOLANTE – O Detran-AM também flagrou 42 motoristas dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro, em Manaus. As ocorrências foram registradas durante operações da Lei Seca realizadas em todas as zonas da capital.

Em Manaus, a fiscalização iniciou na tarde de sexta-feira (28) e encerrou na manhã da última terça (1º de janeiro). A operação foi reforçada nas áreas das festas de Réveillon da Prefeitura de Manaus, realizadas no Anfiteatro da Ponta Negra, zona oeste; no shopping Phelippe Daou, zona leste; e na Orla do Amarelinho, no bairro de Educandos, zona sul de Manaus.

Durante o período, mais de 400 pessoas foram flagradas com alguma irregularidade. Foram emitidos 484 autos de infração, 120 veículos foram retidos, sendo 62 carros e 58 motos, além de 49 CNHs. Licenciamento em atraso, pessoas dirigindo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação, motociclistas sem capacete e condutores dirigindo sob efeito de bebida alcoólica foram as infrações mais identificadas durante as operações.

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO – Além das blitze de fiscalização da Lei Seca, a equipe de Educação para o Trânsito do Detran-AM esteve nas ruas e abordou cerca de 300 veículos entre carros e motocicletas. Os condutores receberam uma carta com dicas de trânsito.

Educadores conversaram com os motoristas sobre a importância do uso dos equipamentos de segurança e alertaram quanto ao risco de dirigir após a ingestão de álcool.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here