Em fila de supermercado, Moro é questionado sobre caso Queiroz

Cliente filmou a abordagem e depois publicou o vídeo nas redes sociais. O ministro não se posicionou

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi abordado em uma fila de supermercado e questionado a respeito do caso de Fabrício Queiroz, motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

Um vídeo circulando na internet mostra um manifestante com uma bandeira do Brasil enrolada no corpo questionando o ministro, que não entra na discussão.

“Por que o Queiroz não é pauta? A roubalheira do PT é pauta, mas a do PSL, do Queiroz, não é pauta do governo? Ele [Moro] não pode falar sobre isso? Aí você quer me censurar por isso também?”, dispara o autor do vídeo. Moro, à distância, rebate: “Você está sendo desagradável e mal-educado com todo mundo aqui”, disse.

Depois da manifestação de Moro, de que o autor do vídeo não estaria sendo educado, este disparou: “Os áudios vazados da Dilma – você não foi mal-educado? Agora tem que ficar pianinho? Caladinho?”, disse.

Queiroz entrou na mira do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) por uma movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão em sua conta ao longo de um ano. No período, ele era motorista de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Um terceiro homem aparece no vídeo e critica o autor da filmagem, dizendo que ele quer fazer “ruído”, ao que ouve como resposta: “Eu faço. Com a presença do Sérgio Moro, como que não faz ruído?”, rebateu.

Uma mulher no vídeo começa a cobrar Moro a respeito da onda de violência no Ceará. “Você é do superministério. Ajuda o Ceará”, dispara.

Fonte: Metrópoles

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here