Documentação do Bolsa Universidade deverá ser entregue de 9 e 11 de dezembro

bolsa-universidade500x300Os 7.383 candidatos selecionados pelo Programa Bolsa Universidade (PBU), da Prefeitura de Manaus, deverão apresentar documentação entre os dias 9 e 11 de dezembro, na sede da  Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), na avenida Profº Nilton Lins, 3259, Bloco D – Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul da cidade, de 8h às 17h.

Entre os documentos exigidos, de acordo com o edital, estão CPF, RG, comprovante de residência, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e comprovantes de renda de todos os moradores declarados na inscrição. Além dos comprovantes de renda, também é obrigatória a apresentação da declaração de renda, que é emitida durante a inscrição.

Pessoas com Deficiência (PcD) precisam apresentar, ainda, a versão original ou a cópia autenticada de laudo médico com o CID (Código Internacional da Doença), emitido por médico especialista credenciado ao Conselho Regional de Medicina (CRM).

Os 48 selecionados para estudar na Faculdade Martha Falcão | DeVry deverão agendar o Vestibular para ingresso na instituição. No próximo dia 6, de 9h às 12h30, haverá a primeira prova, mas poderá ser feito o agendamento posterior por meio do setor de Admissões, pelos telefones 4020-4900 ou (92) 2121-0929. O prazo para matrícula na faculdade vai até o dia 23/12.  A lista dos selecionados pode ser conferida no site e na Fan Page da instituição: www.faculdademarthafalcao.edu.br e https://www.facebook.com/faculdademarthafalcao/ , respectivamente.

Este ano, foram registradas mais de 35 mil inscrições para vagas distribuídas em 11 Instituições de Ensino Superior (IES) privadas que aderiram ao programa. São oferecidas bolsas integrais, de 100%, e parciais (75% e 50%) para os estudantes que atenderem aos requisitos previstos em edital – entre eles, o da renda familiar média não ultrapassar R$ 1.182, o equivalente a um salário mínimo e meio. Para o cálculo da renda média, o candidato deve somar os rendimentos de todas as pessoas que moram na mesma residência e dividir pela quantidade de pessoas.

Além disso, é necessário ser brasileiro nato ou naturalizado, residente em Manaus, não estar matriculado em universidades públicas e nem desfrutar de outras modalidades de programas de graduação mantido pelo Poder Público ou pela iniciativa privada. Todos os requisitos previstos no edital são tanto classificatórios quanto eliminatórios.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here