Detran-AM alerta sobre veículos que não contam com seguro DPVAT

Leonel Feitoza

Leonel Feitoza
Leonel Feitoza
Da Redação – Nesta quinta-feira (15), no Departamento Estadual de Transito do Amazonas (Detran-AM), o seu diretor-presidente, Leonel Feitosa, alertou sobre a enorme quantidade de veículos (30%), existentes em Manaus que não se encontram regulares e transitam sem licenciamento, situação que irá afetar as pessoas em casos de acidentes, pois as vítimas não terão direito ao Seguro DPVAT.

Segundo o informe apresentado no ano de 2013, no período de março a dezembro foram cassadas 1.700 habilitações em definitivo pela “lei seca”. Em abril deste ano foram recolhidas por causa de consumo de álcool 228 habilitações, das quais 33 foram suspensas. No mês de março foram 118. Em fevereiro foram 299 carteiras suspensas em caráter definitivo.

O diretor do Detran-AM explicou ainda que a carteira de habilitação quando é cassada devido à reincidência ou a infrações graves cumpre-se a penalidade e começa-se novamente o trâmite. Quando é apenas suspensa cumpre-se somente a pena.

Segundo Feitoza, existem 2.850 processos que tramitam por suspensão de habilitação devido ao consumo de álcool
Segundo Feitoza, existem 2.850 processos que tramitam por suspensão de habilitação devido ao consumo de álcool
Apenas 330 veículos estão licenciados

Em Manaus os dados indicam que dentre os veículos que não possuem este seguro e não pagaram o licenciamento nos últimos cinco anos estão: ônibus que são 4.691 sendo que 306 não possuem este documento, os caminhões, de um total de 17 mil, seis mil não tem o seguro e no caso de 2.992 micro ônibus, faltam licenciar-se 1097, dentre outros transportes públicos.

Informou ainda, que até o agora existem 2.850 processos que tramitam por suspensão de habilitação devido ao consumo de álcool e que o pago deste licenciamento será de 150 milhões de reais, sendo que o Detran está preocupado pela segurança das pessoas e não apenas pelo dinheiro arrecadado pelo seguro DPVAT.

Ação conjunta

No caso do jovem que atropelou um grupo de pessoas na Estada da Ponta Negran, Feitosa disse que a carteira dele está suspensa e os recursos não foram providos. O Detran abriu um processo para cassar a sua habilitação.
Informou ainda, que neste próximo final de semana começa uma ação conjunta no comando do Governador do Estado do Amazonas, José Melo, junto a Prefeitura de Manaus, Defesa Civil, Procom dentre outras para fiscalizar o cumprimento da lei seca. Alertou ainda aos pais de família para que não continuem dando os veículos para seus filhos que não possuem carteira de habilitação para desta forma, evitar mais acidentes no transito./// Mercedes Guzmán – Fotos: Áida Fernandes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here