Desembargador pede vista e é insultado por advogado: ‘V. Excelência vá para a PQP! F(*)-se!’

Desembargador Milton Vasques e o advogado Tiago Jonas de Aquino, durante julgamento do TRT/MG ─ Imagem: Reprodução/YouTube

Um advogado xingou com palavras de baixo calão o desembargador Milton Vasques Thibau de Almeida, do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região de Minas Gerais (TRT-3), durante julgamento em sessão telepresencial da 3ª Turma, na quarta-feira (16). Após ter classificado como confusa a sustentação oral do advogado, o magistrado pediu vista do processo para mudar seu voto. E ouviu do advogado insultos com sugestões de que fosse “para a casa do caralho” e “para a puta que te pariu”, concluídos com um “foda-se”.

O advogado é citado apenas como Tiago, durante o julgamento, mas está identificado como Tiago Jonas Goncalves Tomaz de Aquino, no polo ativo da apelação de seu cliente Paulo Henrique de Andrade contra a MGS Minas Gerais Administração e Serviços S.A., que tramita sob número de processo 0011374-67.2015.5.03.0005.

O contexto do debate sobre depósitos recursais, através de dois agravos, era travado em meio a dificuldades de conexão por parte do advogado, que classificou como “tosca” a tecnologia do TRT de Minas. O desembargador Milton Vasques é relator dos agravos, e teve seu voto questionado pelo advogado em relação ao primeiro agravo, considerado prematuro pelo magistrado. Mas, no segundo agravo já havia determinado a liberação dos depósitos recursais.

Fonte: Diário do Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here