Deputados vão a Barcelos apurar denúncias de criação de novas áreas indígenas

Dep. Sinésio Campos
Dep. Sinésio Campos

O deputado estadual Sinésio Campos (PT), destacou em seu pronunciamento desta quinta-feira (26), da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a realização de uma Audiência Pública que vai acontecer nesta sexta-feira (27), em Barcelos (a 399 km da capital), para apurar denúncias de criação de áreas indígenas ilegais no território do município.

Segundo Sinésio Campos, a Audiência Pública foi solicitada pelos vereadores de Barcelos. Eles estão denunciando que diversas Organizações Não Governamentais (Ongs) estariam fomentando a criação de novas áreas indígenas na região, que abrange ainda os municípios de Santa Izabel do Rio Negro (a 630 km) e São Gabriel da Cachoeira (a 852 km da capital). Essas reservas ilegais estariam ocupando até 80% do território dos três municípios.

Os deputados Abdala Fraxe (Podemos), José Ricardo (PT), Sinésio Campos (PT) e Luiz Castro (Rede) confirmaram a presença à AP e também os vereadores e prefeitos de São Gabriel da Cachoeira, Barcelos e Santa Izabel do Rio Negro.

De acordo com Sinésio Campos “vamos fazer esse debate para aprofundar conhecimento sobre o número de Ongs existentes em nosso território. Muitas delas entranhadas em territórios indígenas levando as riquezas minerais, traficando produtos de nossa natureza (fauna e flora) patrimônio de nosso bioma, ou seja, acabar com a biopirataria que ocorre em nossa Amazônia”.

“Queremos fazer um debate amplo para impedir essa prática e, acima de tudo, deixarmos de ficar reféns desses grupos que muitas das vezes se intitulam defensores das populações indígenas, mas na realidade trabalham em benefício próprio”, revelou Sinésio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here