Deputados destacam preocupação com aplicação dos recursos do Fundo Amazônia

(Foto: Divulgação)

Para os deputados estaduais Belarmino Lins e Dermilson Chagas, membros do Partido Progressista (PP), as Organizações Não-Governamentais (ONGs) precisam ser transparentes na execução dos seus projetos no Estado do Amazonas usando recursos do Fundo Amazônia.

Os dois parlamentares participaram da audiência pública realizada nesta quarta-feira (7), com a presença do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara Federal, presidida pelo deputado Átila Lins (PP). Da reunião também participaram os deputados federais Sidney Leite (PSD), Marcelo Ramos (PL) e José Ricardo (PT).

A audiência, conforme Belarmino, foi importante para os interesses do Estado do Amazonas quanto ao Fundo que é financiado principalmente pela Noruega e Alemanha e que já destinou, nos últimos dez anos, 31% de um montante de R$ 1,86 bilhões aplicados em projetos executados por ONGs na região amazônica, números constantes de relatório divulgado pelo próprio Fundo. “Defendemos o homem interiorano e então temos que verificar com seriedade a aplicação dos recursos que as ONGs afirmam ter realizado em favor dele”, diz o líder progressista, que elogiou o deputado Átila Lins pela audiência desta quarta.

Na mesma linha de Belarmino, Dermilson Chagas disse que “depois da audiência a gente precisa conversar com as Ongs, saber o que elas já fizeram com os recursos do Fundo, como transformaram a vida das pessoas do interior, tudo isso é necessário para que a gente possa se posicionar se vale a pena ou não a continuidade da prestação de serviços por parte dessas entidades”.

Na audiência desta quarta, expressou o deputado, o ministro Ricardo Sales disse que quer resultados efetivos sobre as ações das Ongs para que o Fundo Amazônia possa continuar. “O ministro manifestou claramente sua posição rigorosa quanto as Ongs”, frisou o parlamentar, que parabenizou o deputado Àtila Lins pela audiência na Câmara Federal para debater o Fundo Amazônia.
Virgílio Viana convidado

Belarmino Lins e Dermilson Chagas informam que serão signatários de um requerimento coletivo que será apresentado amanhã ao Plenário Ruy Araujo convidando o superintendente-geral da FAS (Fundação Amazonas Sustentável), Virgílio Viana, para comparecer a Assembleia Legislativa para prestar informações sobre o volume de recursos destinado às Ongs nos últimos cinco anos pelo Fundo Amazônia e sobre os projetos executados por elas usando dinheiro do Fundo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here