Mundo

Deputado britânico morre após ser esfaqueado em encontro com eleitores

O parlamentar, do Partido Conservador, sofreu o ataque em uma Igreja Metodista de seu distrito eleitoral, no norte de Londres.

O deputado britânico Sir David Amess, do Partido Conservador, morreu após ser esfaqueado em um encontro com eleitores nesta sexta-feira (15). Segundo a polícia local, o parlamentar foi “esfaqueado várias vezes” em uma Igreja Metodista em Essex, no norte de Londres.

“Ele recebeu tratamento dos serviços de emergência, mas infelizmente morreu no local”, informou a polícia de Essex.

Os agentes informaram que o suspeito, um homem de 25 anos, já foi preso e está sob custódia.

Amess tinha 69 anos e representava o distrito de Southend West, de Essex. Ele foi atacado por um homem que entrou na reunião de seu distrito eleitoral, que acontecia em uma igreja.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan lamentou o ataque. “Notícia verdadeiramente terrível. Meus pensamentos e orações estão com David Amess, sua família, equipe e a comunidade neste momento incrivelmente difícil”, publicou em suas redes sociais.

O ataque de hoje acontece cinco anos após Jo Cox, deputada do Partido Trabalhista, ser assassinada por um extremista de direita. Cox morreu dias antes do referendo do Brexit, que decidira a separação do Reino Unido da União Europeia.

“Estamos devastados em saber da morte de Sir David Amess. Todos os representantes eleitos merecem estar segurança e respeito. Violência contra eles é inaceitável, representando ameaças às suas famílias e à democracia”, escreveu a Fundação Jo Cox. (CNN)

Deixe um comentário