Defensoria Pública atende comunitários que denunciam ameaças de morte para deixarem suas casas

 

defensoria-publica-moradores-ameacados-morte-01

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), por meio da Defensoria Especializada em Atendimento de Interesses Coletivos, recebeu em audiência pública na tarde de terça-feira, 31 de maio, cerca de 60 famílias que moram no Ramal do Brasileirinho, na zona leste de Manaus, e denunciam estarem sendo ameadas de morte para que deixem suas casas.

As famílias relataram durante a audiência que pessoas armadas estão ameaçando-as, a mando da empresa SB Imóveis que, segundo as denúncias, alega ser dona da área onde moram. Em alguns casos, segundo os comunitários, estão sendo impedidas inclusive de acessar o ramal. As famílias relataram que moram no Ramal do Brasileirinho há mais de uma década e que o interesse imobiliário pela área deve-se aos seus atrativos naturais, por estar à margem do rio Negro.

defensoria-publica-moradores-ameacados-morte-02

O defensor público titular da Defensoria Especializada em Atendimentos de Interesses Coletivos, Carlos Alberto Almeida Filho, ouviu os comunitários e recolheu documentos levados por eles, como boletins de ocorrências que denunciam as ameaças, para análise e para definir que providências tomar.

A audiência pública foi realizada no auditório da Escola Superior da Defensoria Pública, na rua 24 de maio, 321, Centro, zona sul de Manaus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here