Das empreiteiras aos candidatos: o país para em 2015

empreiteiras01

Donos de algumas das maiores empreiteiras do país citadas no escândalo da Petrobras mandaram o seguinte recado às campanhas de Aécio Neves e de Dilma Rousseff, e também ao mercado financeiro: as investigações podem parar o país em 2015. Todas as grandes empreiteiras foram citadas no escândalo: Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez. Elas estão em praticamente todas as grandes obras do país. O argumento para as campanhas é o de que, se consideradas inidôneas, não poderão mais tocar os projetos.

As empreiteiras têm canal livre nos partidos: elas são tradicionalmente as maiores contribuintes das campanhas eleitorais. Ainda que possam ‘convencer’ políticos de amenizarem a abordagem do escândalo, há um fator que as empreiteiras não controlam: o juiz Sergio Moro, que toca as investigações.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here