Crise no PT: do Congresso às câmaras municipais, 263 petistas eleitos abandonam partido

crise-no-ptAbalado por divergências locais, pelos desdobramentos da Operação Lava Jato e, mais recentemente, por decisões impopulares tomadas pelo Palácio do Planalto para realizar o ajuste fiscal, o PT perdeu 263 filiados eleitos desde os últimos pleitos regional (2012) e geral (2014), aponta levantamento feito com base em dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Ao todo, 25 prefeitos, 43 vice-prefeitos e 194 vereadores deixaram o partido voluntariamente desde janeiro de 2013. Soma-se ao grupo ainda a senadora Marta Suplicy (SP), eleita em 2010, e desfiliada em 28 de abril deste ano.

Nesses dois anos e meio, o partido conseguiu a adesão de apenas um vice-prefeito e de cinco vereadores eleitos por outras legendas.

abandono-petistasA maior parte dos ex-petistas migraram para recém-fundados PROS e SD.

No caso do Legislativo, a mudança para novos partidos impede que a legenda original possa pedir o cargo. A Justiça eleitoral entende que os detentores de cargos Executivos podem permanecer no poder independentemente do partido que escolham. R7

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here