Criminosos invadem 28 de Agosto causando pânico e correria

Durante as buscas, a polícia conseguiu prender três integrantes do bando. - Foto: Divulgação

A noite de domingo (25) começou tensa no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, localizado na avenida Mário Ypiranga, zona Centro-Sul da capital. Por volta das 19 horas, um grupo composto por sete pessoas invadiu as dependências da unidade de saúde para matar Adriano Barbosa Araújo, 24, vulgo “Porocada”, sobrevivente de um atentado praticado anteriormente pela facção criminosa com tiros no tórax.

O bando armado seguiu para o primeiro andar onde a vítima estaria sendo atendida. Vários tiros foram disparados causando pânico e corre-corre entre funcionários e pacientes. Testemunhas afirmaram que tudo aconteceu na hora da troca de plantões. Apesar da quantidade de tiros, a vítima, que já possui passagens pela polícia, conseguiu escapar ilesa do atentado.

“Porocada” é velho conhecido da polícia. – Foto: Divulgação

Policiais da Rocam, Força Tática e da Cicom da área atenderam a ocorrência realizando buscas, conseguindo prender três elementos do grupo ainda não identificados. “Foram mais de 30 policiais atuando, em uma ação rápida e precisa. Já tínhamos uma viatura da Rocam atuando no local e graças ao serviço de inteligência foi evitado um mal maior”, afirmou o subcomandante da PM, Ayrton Norte.

Não foram registradas vítimas no episódio e, por questões de segurança, o paciente alvo do atentado foi transferido para outro hospital. Com ajuda do circuito interno de segurança da unidade de saúde, a polícia terá condições de identificar e prender o restante do bando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here