Política

Conselho de Ética da Câmara aprova cassação da deputada Flordelis

Deputada fluminense é acusada de ter mandado assassinar o marido, pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019. FOTO: Ranier Bragon

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou, na tarde desta terça-feira (8), por 16 votos a favor e um contrário, o relatório que pede a cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ).

Ela acusada de ser a mandante do assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

O relatório favorável à cassação agora segue para o plenário da Câmara, onde precisa ser analisado pelos 513 deputados. Para ser aprovado, é necessário o apoio da maioria absoluta dos parlamentares (257 votos).

Os deputados aprovaram o relatório do deputado Alexandre Leite (DEM-SP), apresentado na última semana. Flordelis ainda pode recorrer da decisão do Conselho de Ética à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Deixe um comentário