Congresso tem iluminação especial para marcar Dia Mundial das Doenças Raras

(Foto: Fábio Pozzebom/ABr)

Durante o mês de fevereiro, o Senado Federal está iluminado nas cores rosa e verde, e a Câmara dos Deputados, com as cores roxa e azul. O objetivo é chamar atenção para o Dia Mundial das Doenças Raras, que cai no dia 28.

Geralmente, as doenças raras são crônicas, progressivas e incapacitantes, podendo ser degenerativas e também levar à morte, afetando a qualidade de vida das pessoas e de suas famílias.

Além disso, as doenças raras não possuem cura, de modo que o tratamento consiste em acompanhamento clínico, fisioterápico, fonoaudiológico, psicoterápico, entre outros, com o objetivo de aliviar os sintomas ou retardar seu aparecimento.

Segundo o Ministério da Saúde, oitenta por cento das doenças raras decorrem de fatores genéticos, mas elas podem ter causas ambientais, infecciosas ou imunológicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here