Confronto na fronteira com a Venezuela deixa mortos e feridos

Confronto ocorreu a cerca de 70 km da fronteira com o Brasil. Guardas permitiram a passagem de duas ambulâncias com feridos. (Foto: Pedro Barbosa / G1)

Duas pessoas morreram em um confronto entre forças do Exército Venezuelano e um grupo de indígenas na localidade de San Francisco de Yuruaní, em Kumaracupay, a cerca de 80 quilômetros da cidade brasileira de Pacaraima, na fronteira entre o Brasil e a Venezuela. As informações são do jornal venezuelano El Nacional.

A mídia local fala ainda em 22 feridos, sendo que alguns deles estariam em estado grave, o que pode aumentar o número de vítimas fatais.

Os indígenas da etnia pemon haviam formado uma barricada na estrada Troncal 10, que faz a ligação do interior da Venezuela com a passagem fronteiriça entre Santa Elena de Uairén e Pacaraima, em Roraima.

De acordo com relatos nas redes sociais, os homens do Exército chegaram em um pequeno ônibus e desceram atirando contra os indígenas na barricada.

Os pemon já haviam anunciado que se juntariam aos grupos de voluntários que responderam à convocação da oposição ao governo de Nicolás Maduro para fazer chegar a ajuda humanitária mobilizada pelo Brasil na fronteira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here