Condenado que sobreviveu a 18 injeções letais quer evitar nova tentativa de execução

As tentativas de execução de Romell Broon duraram duas horas
As tentativas de execução de Romell Broon duraram duas horas
As tentativas de execução de Romell Broon duraram duas horas

O assassino Romell Broom, de 60 anos, foi a segunda pessoa a sobreviver a uma execução de pena de morte e, agora, está pedindo ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos para declarar que uma segunda tentativa de matá-lo seria inconstitucional. Em 2009, foram feitas 18 tentativas de aplicar o coquetel da morte no condenado, mas os executores não conseguiram achar uma veia para aplicar os medicamentos.

Essas tentativas duraram duas horas e, depois disso, o Governo de Ohio, nos Estados Unidos, decidiu adiar a execução. Segundo a rede de TV “NBC”, os advogados do prisioneiro afirmaram que dar a agência de prisões estaduais uma segunda chance equivaleria a uma punição cruel incomum e uma dupla incriminação.

A Suprema Corte de Ohio rejeitou os argumentos do prisioneiro em março, mas ele decidiu recorrer no início deste mês para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos. Romell Broom foi condenado por matar e estuprar uma jovem em setembro de 1984.

*Com informações Agência O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here