Começa corrida pela prefeitura de Barreirinha nos bastidores

Há 30 anos são os mesmos candidatos na disputa pelo comando do município
Há 30 anos são os mesmos candidatos na disputa pelo comando do município
Há 30 anos são os mesmos candidatos na disputa pelo comando do município

A cidade de Barreirinha, a Princesinha do Ramos, no Baixo Amazonas, estava na política sossegada na rede até final de 2014. O candidato do grupo do atual prefeito Mecias Sateré é o vice Mário Carneiro, está com a rejeição em alta na cidade, obras inacabadas, paradas e virando ruínas por toda a cidade, processos na justiça, no Tribunal de Contas, recursos que vieram para construir a vila olímpica e nem um prego foi colocado. Correndo por fora o filho Mecias Júnior, o bulete, se isso acontecer o pai teria que renunciar a prefeitura em março de 2016 e deixar a chave do cofre na mão do seu vice. No 1º turno parte do grupo do prefeito  apoiou o candidato Eduardo Braga ao governo, e no 2º o Governador José Melo com isso o grupo do prefeito estaria queimado no Palácio do Governo. Outra alternativa de Mecias é Jecinaldo Sateré militante indígena da maior confiança do prefeito. A diferença entre Jecinaldo e Mário Carneiro, segundo fontes do blog é a aproximação junto à população mais “povão”. Consta que até Mecias já aconselhou Mário a ser mais acessível aos mais humildes.

O prefeito Mecias ainda não se pronuncia sobre o tema de forma oficial, mas nas entrelinhas deixa claro que a máquina municipal é forte, mas precisa de um nome que possa agregar a todos. Nesse final de semana Mecias retoma agendas políticas para realizar diagnostico sobre o processo. Sateré já enfrentou três grandes enchentes na cidade durante o mandato.

O grupo do ex prefeito Gilvan Seixas (PMDB) está apostando as fichas no vereador Glênio Seixas que é do PMDB, seu filho, mas com pouca densidade eleitoral, obteve pouca mais de 400 votos para vereador eleição passada, enquanto seu pai recebeu 4 mil votos. Glênio utiliza os bastidores para detonar os demais adversários e agregar força para unir a oposição dentro do Câmara.

O terceiro colocado na eleição passada José Augusto, o “Nenga”, que obteve mais de 2 mil votos, está sem grupo definido ainda. Apoiou o candidato Eduardo Braga no 1º turno e no 2º o Governador José Melo. Não tem estrutura e nem padrinho político, segundo os coiotes perambula pela ALEAM dizendo para os deputados ser o cara da vez em Barreirinha. No entanto, perdeu apoio dentro da Igreja Católica, que na eleição de 2012 deu de forma indireta apoio logístico no pleito.

A quarta via que surgiu no final de 2014 é um grupo de comerciantes e várias lideranças locais, liderados pelo empresário Fabrício Rocha que é presidente do PTN local. Ele vem unindo os descontentes com as últimas administrações e querem ser protagonista do destino da cidade em 2016.

Há 30 anos são os mesmos candidatos a prefeito em Barreirinha e segundo a fonte a renovação e mudança seria o ponto forte desse grupo onde já atuam na área social da cidade. Recentemente o empresário Fabrício Rocha fez parceria com a empresa de telefonia móvel Claro e a mesma está se instalando no município. O grupo já conta com os apoios dos deputados estaduais Abdala Fraxe e Orlando Cidade ambos do PTN, onde estão buscando o apoio do senador Omar Aziz e do Governador José Melo./// (Hudson Lima – Fotomontagem:Vinícius Ferreira)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here