Com fim da janela partidária, PP passa a ser 2ª maior bancada da Câmara

Partido ultrapassou PSDB e PMDB; PT segue na liderança com 57 deputados, apesar de ter perdido 12 membros
Partido ultrapassou PSDB e PMDB; PT segue na liderança com 57 deputados, apesar de ter perdido 12 membros

Mais de 70 deputados já trocaram de legenda, de acordo com levantamento feito pela Câmara dos Deputados, após o fim da janela partidária, na última sexta-feira (7). O período é permitido pela legislação para que políticos troquem de partido sem perder o mandato.

Com as mudanças, o PP passou a ser segunda maior bancada na Casa, ultrapassando o PSDB e o PMDB. Saltou de 38 deputados, em 2015, para 54. A legenda não lançará, de acordo com informações de O Globo, concorrente à presidência da República neste ano.

Uma das estratégias usadas pela sigla para atrair parlamentares foi uma generosa partilha da verba do fundo partidário. O teto para financiamento de campanhas é de R$ 2,5 milhões, e o que se diz nos bastidores do Congresso é que o PP promete valor próximo a esse a seus filiados. A proposta “enche os olhos” dos deputados, já que doações da iniciativa privada estão proibidas.

O PT segue na liderança, apesar de ter perdido 12 deputados. Passou de 69 membros, no início da legislatura, para 57, neste ano. Já o MDB, partido do presidente Michel Temer, saiu de 65 deputados para, “provavelmente 53”, segundo o líder do partido na Câmara, Baleia Rossi. O PSDB também encolheu, de 54 para 46 integrantes.

Já o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), começou 2015 com 21 deputados e agora tem 44, mais que o dobro. O PSL também cresceu expressivamente, foi de apenas um parlamentar eleito para sete representantes. Crescimento se deve à filiação do presidenciável Jair Bolsonaro (RJ), que deixou o PSC e migrou para o partido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here