Coari realiza a segunda jornada de urologia para detectar câncer de próstata

Doutor Celso Gromatzky atende o agricultor Nelson Ramos
Doutor Celso Gromatzky atende o agricultor Nelson Ramos

Detectar de forma precoce o câncer de próstata, reduzir o número de casos não tratados e aumentar o sucesso obtido pelo tratamento. Estes foram os objetivos da 2ª Jornada de Urologia, realizada até este sábado (30), no município de Coari (distante 363 quilômetros de Manaus). Dois médicos e uma enfermeira, do Hospital Sírio Libanês, na capital de São Paulo, atenderão 75 pacientes nesses três dias, além de realizarem 11 cirurgias.

O público alvo é formado por homens acima de 50 anos, que passaram por uma triagem no Hospital Regional de Coari Dr. Odair Carlos Geraldo e policlínica Dr. Roque Ruan Dell’oso.

O agricultor Nelson Nogueira Ramos, 60, procurou o atendimento por conta de dores na barriga, ainda na 1ª Jornada de Urologia, realizada no último mês de outubro. Segundo ele, após vários exames, que incluiu até ultrassonografia, o retorno foi para trazer notícias positivas. “Com o remédio que o médico prescreveu, passei a me senti melhor. Eu não teria condições financeiras de procurar um médico em Manaus”, disse. Já o técnico de agropecuária Manoel Almeida Santos, 60, fez pela primeira vez o exame de rotina. “Esse tipo de consulta é alvo muito preconceito entre os amigos, mas a nossa saúde deve estar em primeiro lugar”, disse ele.

Segundo o chefe da equipe da jornada, o urologista Celso Gromatzky, a parceria com a prefeitura deve ser realizada a cada três meses, Segundo ele, as consultas são extremamente importantes, uma vez que, com um diagnóstico precoce o câncer é potencialmente curável. “Durante a ação os pacientes recebem um atendimento especializado, incluindo três tipos de exames e, quando necessário, são encaminhados para cirurgia”. Gromatzky alertou que esse tipo de câncer pode matar se o paciente não tratar logo no início.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, João Luiz Lessa, 179 pacientes foram atendidos durante a 1ª Jornada de Urologia, realizada no início de outubro deste ano, e, apesar de alguns casos suspeitos terem sido alvo de biópsias, não houve nenhum diagnóstico da doença. “Isso é um alívio para a saúde do Município, mas temos consciência da importância desta ação médica, por este motivo a Prefeitura de Coari já confirmou a parceria para as outras edições desta jornada”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here