Centro de Reabilitação Estadual é a menina dos olhos de Omar

O Centro Municipal funcionará 24 por dia, de domingo a domingo, atendendo pacientes em surto e se houver necessidade de internação serão encaminhados para o Centro Estadual
"Eu fiz grandes obras aqui nesse Estado, mas eu sempre disse que a maior obra que eu queria fazer, era aquela que tocasse o coração das pessoas",  disse Omar Aziz
“Eu fiz grandes obras aqui nesse Estado, mas eu sempre disse que a maior obra que eu queria fazer, era aquela que tocasse o coração das pessoas”, disse Omar Aziz

Da Redação – Na manhã desta sexta-feira (28), mais uma obra do Governo do Estado foi inaugurada. Provavelmente a última do governador Omar Aziz na região da Capital Amazonense e pelo discurso, a menina dos olhos de Omar, o Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos, cujo nome, Ismael Abdel Aziz, é uma homenagem ao irmão de Aziz, o qual faleceu aos 21 anos fica localizado no quilômetro 53 da rodovia AM-010, que liga Manaus a Rio Preto da Eva.

O centro tem capacidade para internar 120 pessoas por três meses e o acesso ao Centro se dará por meio dos Centros de Atenção Psicossocial do Estado (Caps).

De acordo com o governador Aziz, a inauguração desse Centro o deixa muito feliz, pois sabe que é uma esperança muito grande para mães que tem uma pessoa dependente em casa.

“Eu estou muito emocionado, tem coisas que marcam a vida da gente. Eu fiz grandes obras aqui nesse Estado, mas eu sempre disse que a maior obra que eu queria fazer, era aquela que tocasse o coração das pessoas. Era a obra que ia mostrar que eu sou um governador humano, que pensa no ser humano”, destacou.

O Centro Municipal funcionará 24 por dia, de domingo a domingo,  atendendo pacientes em surto e se houver necessidade de internação serão encaminhados para o Centro Estadual
O Centro Municipal funcionará 24 por dia, de domingo a domingo, atendendo pacientes em surto e se houver necessidade de internação serão encaminhados para o Centro Estadual

E acrescentou. “Eu não quero me comparar a ninguém, nem ser melhor do que ninguém. Eu quero ser eu mesmo, mas esse compromisso que eu tinha com o povo amazonense de fazer uma clínica de reabilitação para dependentes químicos, não veio da necessidade de auto promover o governador. Veio do anseio das mães e pais desesperados que conversam com a gente no meio das ruas e não é diferente em outros programas instalados”, disse.

Omar lembrou quando foi secretário de segurança em 2001, na época, segundo ele, existiam muitas galeras em Manaus, até que um dia numa visita a uma delegacia ouviu de uma mãe que se seu filho tivesse oportunidade sairia das drogas, foi então, quando criou o programa Galera Nota 10 e que agora, “muito tempo depois”, Deus e o povo o honra com a inauguração do Centro.

Apoiando a iniciativa, o prefeito de Manaus Arthur Neto, disse a inauguração do centro significa o ponta pé inicial para uma grande guerra contra as drogas, contra aniquilação das pessoas.  “Temos guerra a declarar. Isso aqui é uma guerra a favor da vida, da justiça, do respeito e a favor do direito cristão de viver uma vida com felicidade e com a independência de não ter o seu cérebro pertencendo a traficante nenhum”, disse.

Na oportunidade, ele anunciou que em setembro estará sendo inaugurado o centro municipal de reabilitação, o qual já está em fase de início das obras no bairro do São Francisco. Arthur acrescentou que o Amazonas dá uma renascida ao tomar essa iniciativa.

“Hoje estamos dando oportunidades a muitos jovens que hoje são dependentes, usuários de drogas e o desespero dessas mães, pois todos sofrem em torno dessa pessoa", destacou o governador
“Hoje estamos dando oportunidades a muitos jovens que hoje são dependentes, usuários de drogas e o desespero dessas mães, pois todos sofrem em torno dessa pessoa”, destacou o governador

De acordo o secretário municipal de saúde, Evandro Melo, o Centro Municipal funcionará 24 por dia, de domingo a domingo e atenderá o paciente em surto e se houver necessidade de internação, será encaminhado para o Centro Estadual.

“Essa unidade será a porta de entrada da rede. As pessoas serão atendidas por uma equipe multidisciplinar e dependendo do grau, essa pessoa será acompanhada apenas por essa equipe, agora o que for identificado que essa pessoa precisa de internação, será encaminhada para cá (Centro Estadual) e ficará o tempo necessário e depois que ele ficar livre dessa fase, a pessoa volta pro Caps para que possa ficar sendo acompanhado”, disse.

Segundo ele, cerca de 32 profissionais de nível superior, entre médico, fisioterapeuta, psicólogo, professor de educação física, entre outros já estão em treinamento, os quais atenderão no centro municipal.

O governador finalizou afirmando que o Centro é uma esperança para a família que tem alguém com esse tipo de problema e disse que inaugura a obra com uma sensação muito boa.

“Hoje estamos dando oportunidades a muitos jovens que hoje são dependentes, usuários de drogas e o desespero dessas mães, pois todos sofrem em torno dessa pessoa. Então essa obra me dá uma sensação muito gostosa, porque eu olho isso e vejo, quantas pessoas serão salvas aqui, quantas pessoas deixarão de ser presas ou mortas, mas isso demora e Deus me deu essa oportunidade”, finalizou.

 

Aziz ainda vai inaugurar duas quadras no Cajuau  essa semana e apartamentos, e amanhã inaugura um hospital estadual em Humaitá///Moara Cabral-Fotos: Áida Fernandes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here