Casos de embriaguez ao volante aumentaram 34,2% durante o festejos natalinos

charge_bafometro_natalEmbriaguez, adolescentes dirigindo, pessoas não habilitadas ao volante, excesso de lotação e veiculo com licenciamento em atraso. Ao todo as equipes do Núcleo de Operações Especiais de Trânsito (Neot) do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e do Batalhão de Policiamento de Trânsito (Baptran) da Polícia Militar do Amazonas atuaram 232 motoristas entre a noite de sexta-feira (23/12) e a madrugada desta segunda-feira (26).

Em relação aos casos de embriaguez, 35 motoristas foram flagrados durante o fim semana deste Natal, um número 34,3% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 23 motoristas foram flagrados pelo Detran-AM dirigindo embriagados. No geral, houve um aumento de 41,8% no número de autos de infração emitidos pelo Detran-AM na comparação com dados registrados em 2015.

Entre os motoristas flagrados dirigindo embriagado estava o médico Pedro Antonio Alves Gonçalves, que chegou a agredir um dos policiais do Baptran, o cabo Jonas Ferreira de Barros, durante a abordagem. O médico, de 49 anos ao perceber a blitz, na Avenida do Turismo, zona Oeste, próximo ao cemitério Parque Tarumã, passou o volante para o carona, uma mulher jovem identificada apenas como Joana.  Ao ser parado na blitz foi constado que a pessoa que estava ao volante não era habilitada. Além do que, o veiculo de placa  PMI 2748 estava com o licenciamento em atraso.

Depois de constatadas as irregularidades, o médico passou agredir verbalmente o policial, usando palavras de baixo calão, que evoluíram para agressão física.

O caso, ocorrido por volta das 2h da madrugada desta segunda-feira, foi registra do 19º Distrito Integrado de Polícia (Dip), na zona Oeste mesmo, onde o médico ficou preso, por determinação do delegado de polícia Jamilson Pacheco Filho, uma vez que o agressor continuavam bastante em estado alterado e fazendo ameaças contra a guarnição da Polícia Militar que o conduziu a Dip.

O balanço das operações de trânsito foram divulgados nesta segunda-feira, pelo diretor presidente do Detran – AM,  Leonel Feitoza para quem os números revelam uma situação preocupante. “Muitas pessoas se disseram chocadas com a nossa campanha de final de ano, exibindo carros e manequins simulando acidentes, entretanto, o que vimos nesse fim de semana foram dezenas de exemplos de falta de conscientização. Muitos ainda se arriscam e colocam a vida de outras pessoas em risco. Dezenas de motoristas foram autuados por embriaguez e outras imprudências no trânsito”, lamenta o dirigente.

Além das autuações 22 veículos foram apreendidos, sendo nove carros e 13 motocicletas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here