Casa-da-mãe-Joana 2: A obra continua

a-obra

Uma obra onde manda quem pode e obedece quem tem juízo

É muito comum usar a expressão “casa-da-mãe-Joana” para se referir a um ambiente de bagunça. Mas por que se relaciona a tal Joana com a desordem? E afinal, onde ficava a “casa-da-mãe-Joana”?

Pois bem, isto está virando uma rotina na cidade de Manaus/AM, mais precisamente na Rua Quintino Bocaiúva esquina com Joaquim Nabuco, centro da capital amazonense, onde pode tudo, só não o pedestre andar nas poucas calçadas existentes. E o pior, olha quem estava ministrando e inspecionando: a mesma figura de tempos atrás. Lembram? Pois é. Agora só nos resta perguntar onde essa história toda vai parar. Vai um de nós tentar fazer isto lá no país dele! Vai./// Chagas do PT

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here