Campanha Criança Segura é sucesso em todo o Amazonas

As irregularidades são maiores no interior do Amazonas
As irregularidades são maiores no interior do Amazonas

Encerra nesta sexta-feira (11), a campanha “Criança Segura”, de iniciativa do Governo do Estado, por meio do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-AM) que se iniciou no último dia 30 de setembro. O Diretor-presidente do Instituto, o engenheiro, Márcio André Brito, conversou por telefone com o BLOGdaFLORESTA e falou sobre os resultados da campanha, tanto no interior do Amazonas, quanto na capital.

De acordo com Márcio, somente no primeiro dia foram fiscalizados mais de 400 brinquedos irregulares,brinquedos que destaca que eram produtos que potencialmente chegariam nas mãos das crianças causando grande prejuízo. “Identificamos principalmente no interior do Amazonas muitas irregularidades. Assim como a Região Metropolitana, municípios da Calha do Solimões e Rio Madeira também foram verificados e identificamos que as irregularidades são maiores no interior, os fiscais falaram que muitos comerciantes não tinham conhecimento, alguns empresários sabem que a fiscalização está na capital e então mandam os brinquedos irregulares para o interior”, relatou.

O Ipem-Am está elaborando uma nova campanha para o Natal, mas dessa vez  não terá caráter educativo
O Ipem-Am está elaborando uma nova campanha para o Natal, mas dessa vez não terá caráter educativo

Segundo o diretor-presidente, os fiscais encontraram também mais irregularidades em brinquedos nos municípios de fronteira, por causa da demanda de produtos importados. “Os comerciantes muitas vezes, veem nisso uma maior margem de lucro, então o que poderia ser a alegria de uma criança poderia se tornar numa arma”, disse Brito.

Para Márcio, a campanha alcançou o objetivo. “A campanha foi um sucesso. Nas idas ao comércio percebemos até crianças acompanhadas dos pais, dizendo: “Mãe esse brinquedo aqui tem o selo do Inmetro?”, ou seja, não somente os pais foram alcançados, mas as crianças também e isso é muito gratificante”, destacou.

Projeto – Márcio André revelou ao BLOGdaFLORESTA que o Ipem-Am está elaborando uma nova campanha para o Natal, mas explicou que dessa vez a campanha não terá caráter educativo, a exemplo da campanha da “Criança Segura”. “Durante o ano todo fazemos fiscalização, nessa época próximo ao dia das crianças nós intensificamos e estamos programando outra campanha para o natal, nos meses de novembro e dezembro e essa campanha não será mais com caráter educativo, o que encontrarmos de irregular vamos aplicar as multas referentes a lei”, enfatizou o engenheiro.

Até quinta-feira (10) foram fiscalizados 861 estabelecimentos comerciais, destes 14 foram notificados
Até quinta-feira (10) foram fiscalizados 861 estabelecimentos comerciais, destes 14 foram notificados

Segundo balanço parcial repassado à reportagem pela assessoria de comunicação do instituto, até esta quinta-feira (10), foram fiscalizados 861 estabelecimentos comerciais, com 138.800 brinquedos verificados. Houveram 14 estabelecimentos notificados e 1.225 unidades de brinquedos encontradas com irregularidades, sendo: bolas de silicone com mini lâmpadas de led’s, carrinhos, bonecas e diversos brinquedos pontiagudos que estavam sem certificação do produto e apresentavam riscos à segurança e saúde de crianças.

Além disso, os proprietários dos estabelecimentos foram notificados e receberam um prazo de dez dias para apresentar defesa junto ao órgão. A multa pode chegar até 500 mil reais dependendo do grau de reincidência e porte da empresa.///Sara Matos – Fotos: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here