Câmara Federal volta do recesso só com 36 deputados

Os parlamentares não poderiam entrar em recesso porque não aprovaram a LDO
Os parlamentares não poderiam entrar em recesso porque não aprovaram a LDO

No primeiro dia de trabalhos após o “recesso branco”, 36 dos 513 deputados compareceram à Câmara Federal no dia de ontem (1º) até o final da sessão plenária, de acordo com registro da Secretaria-Geral da Casa. Na prática, as férias dos parlamentares só terminarão na próxima terça (6), quando estão marcadas as primeiras reuniões de comissão e sessões de votação em plenário.

Só alguns poucos deputados discursaram no plenário. A sessão não deliberativa, que serve apenas para debates, teve início às 14h e terminou às 16h42. O recesso branco foi produzido por um acordo entre os líderes partidários.

Na prática, os parlamentares não poderiam entrar em recesso porque não aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Pela lei, as férias só têm início no Congresso após a votação da proposta que dá os parâmetros para a elaboração do Orçamento da União. No entanto, os deputados aprovaram um requerimento interrompendo as sessões deliberativas por 15 dias consecutivos, de 18 de julho ao dia 31.///G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here