Câmara aprova reajuste de 6% para temporários e PCCR de servidores da área não especifica

FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

Os vereadores de Manaus aprovaram durante a sessão ordinária desta quarta-feira (11/12), o Projeto de Lei (PL) 400/2019 que fixa o reajuste salarial da data base para os servidores contratados em regime temporário e o PL 411/2019, que cria o Plano de Plano de Cargos, Careira e Remuneração (PCCR), dos servidores públicos estatutários da área não especifica, da administração direta e indireta da Prefeitura de Manaus.

De acordo com o líder do prefeito na Câmara, vereador Marcel Alexandre (PHS), a provação dos dois projetos atende a justa reivindicação de dois importantes grupos de servidores públicos, de regimes diferenciados que, ao longo das duas últimas décadas estavam sem reajuste salarial por não terem regime próprio.

“Com a aprovação dessas duas leis, o prefeito Arthur zera um ativo de muitas décadas que a prefeitura de Manaus tinha com esses servidores. Essa foi maneira que ele encontrou para demonstrar seu respeito e reconhecer a dedicação desses funcionários, das categorias que não têm regime próprio, mas que estão em áreas estratégicas da administração municipal”, afirma Marcel Alexandre.

Para os servidores contratados por tempo determinado (temporários) da administração direta e indireta, o reajuste aprovado pelos vereadores, conforme proposto no PL encaminhado pelo Executivo, foi de 6% com base no salário de dezembro de 2019.

Os dois projetos, encaminhados ao parlamento pelo Executivo Municipal, foram aprovados por unanimidade e seguem para sansão do prefeito Artur Virgílio Neto.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here