Cabo Maciel recebe medalha de Ouro da Câmara Municipal de Manaus

Dep. Cabo Maciel | Ver. SGT Bentes Papinha
Dep. Cabo Maciel | Ver. Sargento Bentes Papinha

O deputado estadual Cabo Maciel (líder do PR) foi condecorado na sexta-feira (6), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), com a Medalha de Ouro Cidade de Manaus, por iniciativa do vereador Sargento Bentes Papinha (PR), em sessão presidida pelo vereador Fred Mota (PR), 3º vice-presidente da Casa Legislativa Municipal, e que contou com a participação de políticos da legenda, servidores e militares.

Para Bentes Papinha foi uma honra oferecer a medalha para o cidadão, trabalhador e pai de família que conheceu em 2005, como afirmou em seu discurso. “Quando se fala de Maciel, passamos a falar da nossa história de luta, da Associação de Cabos e Soldados da PM. Não estou concedendo a medalha pela amizade, pelos laços que temos, mas porque ele é merecedor”, explicou.

O vereador contou que foi adversário de Maciel na disputa da eleição para a Associação de Cabos e Soldados em 2005, da qual saiu perdedor. “Quando fui parabenizá-lo me coloquei à disposição para ajudar e deixei meu contato. Pouco tempo depois, o subtenente Amaro mandou mensagem dizendo que Maciel queria conversar. Abriu as contas da associação, que estava abandonada e cheia de dívidas. Com o trabalho sério, tiramos a associação do buraco”, garantiu.

Bentes Papinha destacou, ainda, que em pouco tempo, Cabo Maciel sentava com os mais altos escalões da Polícia Militar e autoridades do município. E em 2010 foi eleito deputado estadual pela primeira vez com a força da Polícia Militar. “Toda sua história de luta vem de 2005 e, hoje, ele é merecedor da homenagem. É um político que vê a realidade dos ribeirinhos, da zona rural”, assegurou.

Na ocasião, também foi lida uma mensagem assinada pelo deputado federal Alfredo Nascimento (PR), presidente do PR no Amazonas, destacando a importância da honraria, “destinada aos homens públicos de valor, que fazem uma boa política em prol da população”.

Marcelo Ramos, presidente do Diretório do PR Municipal, lembrou que conheceu Maciel em frente do Colégio Estadual, quando lutavam pelo Projeto de Emenda Constitucional (PEC) de criação do piso nacional dos policiais e bombeiros em todo o país. “Quisera o destino que fossemos eleitos deputados em 2010. Enfrentamos convergência e divergências naturais da vida pública. Mas o tempo mostra o espírito público dos que os tem. Saiba da minha lealdade, compromisso e admiração pelo trabalho que realiza. A cidade de Manaus faz uma justíssima homenagem”, afirmou.

O vereador de Itacoatiara, Richard Rodrigues (PR), também destacou o merecimento da homenagem. “Cabo Maciel representa cada interiorano dos beiradões”, afirmou.

O homenageado – Para o deputado Cabo Maciel, a Medalha de Ouro Cidade de Manaus, concedia pela Câmara Municipal de Manaus, é a maior comenda recebida em reconhecimento pelo seu trabalho na vida pública. “Estou orgulhoso, agradeço imensamente ao Poder Legislativo Municipal e a todos os vereadores que votaram por unanimidade na concessão desta Medalha”, disse ele, dedicando a honraria aos amigos da Zona Norte de Manaus, que como disse, “os têm abraçado e lhe estendido à mão”.

O homenageado agradeceu também a sua família e assegurou ser muito difícil filho de picolezeiro chegar a deputado estadual, mas que conseguiu o feito após focar seu trabalho na Associação dos Cabos e Soldados da PMAM, realizar um serviço de qualidade e resgatar a entidade que estava falida. “Naquela ocasião ninguém queria nos atender por causa das dívidas no comércio. Tínhamos sete ordens de bloqueios judiciais, mas montamos uma estratégia e pagamos dívidas executadas de R$ 1,150 milhão”, contou ele ao assegurar que deixar a entidade após três mandatos consecutivos, deixou dinheiro em caixa.

Como deputado estadual defende a classe e luta pelo aparelhamento da Polícia. “Quando luto pelo aparelhamento da Polícia, defendendo o Amazonas. Apesar dos investimentos feitos, a Segurança Pública continua de ‘pires nas mãos’ no interior do Estado”, atestou.

Cabo Maciel disse também que os municípios do Sul do Amazonas passam por dificuldades. “Quem quiser ver tristeza visite Pauini, São Paulo de Olivença, Amaturá. O povo está passando fome e tomando água de lama, com resíduos de mercúrio”, afirmou.

Histórico Natural de Humaitá, onde nasceu em 7 de junho de 1972, mudou com seus pais aos 2 anos para Itacoatiara, cidade na qual construiu sua vida pessoal, profissional e familiar. Casado com Soraya Maciel e pai de José Paulino, Talissa, Karla Gessica, Kamilly Cristina e Maria Luiza.

Engajou como soldado da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) em 1992, após concurso. Foi promovido a cabo em 2007. Antes de ser eleito deputado estadual, foi presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here