Cabo Maciel denuncia passagem de drogas na Tríplice Fronteira

Dep. Cabo Maciel
Dep. Cabo Maciel

A forte presença da facção Família do Norte (FDN) em Tabatinga (a 1.108 km de Manaus), está causando insegurança aos 62 mil habitantes na Tríplice Fronteira (Brasil-Peru-Colômbia). Autoridades policiais e judiciais que admitem que a FDN comanda tanto o presídio quanto o fluxo de drogas para o Brasil, um negócio que movimenta R$ 5,7 bilhões por ano, segundo estimativa do governo do Amazonas.

A denuncia é do presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Cabo Maciel (líder do PR), que ano passado cobrou do presidente Michel Temer a criação do Ministério da Segurança Pública e do Batalhão Especial de Fronteira para combater a entrada de drogas no Estado.

De acordo com Cabo Maciel, o secretário de segurança do Estado, delegado federal Sérgio Fontes, tem trabalhado fortemente no combate as drogas, inclusive bateu o recorde em apreensão de entorpecentes.

O termo “enxugando gelo”, usado pelo deputado Cabo Maciel está cada vez mais evidente com o reduzido efetivo, uma vez os traficantes utilizam outros meios para trazer as drogas até Manaus, sem que seja percebido pela Base Anzol, montada na Tríplice Fronteira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here