Braga, Serafim e a Região Metropolitana (mais um motivo para a volta do anzol)

Serafim Correa / Eduardo Braga
Serafim Correa / Eduardo Braga
Serafim Corrêa / Eduardo Braga

Em 2007 um ano antes das eleições de 2008, Eduardo Braga então governador do Estado decidiu criar através de Lei complementar a Região Metropolitana de Manaus. A intenção de criar a Região Metropolitana tinha um propósito claro: engessar a administração de Serafim Corrêa então prefeito de Manaus, dando a Braga instrumentos para intervir em Manaus sem a necessidade de estabelecer parcerias com a Prefeitura de Manaus.
A tentativa foi tão clara que na mensagem enviada por Braga para a Assembleia onde tinha uma larga maioria, que o prefeito de Manaus não foi incluído no conselho da Região Metropolitana. As outras prefeituras tinham assento no conselho, Manaus não.

Ao ver a Lei, Serafim esperneou através da imprensa. Com isso ele evitou que a lei fosse aprovada como pretendia o governador que com o ato, preparava as bases para eleger o sucessor de Serafim na Prefeitura em 2008.
Serafim acabou provocando mudanças na lei. Lembro perfeitamente da reunião que resultou na mudança da lei a contragosto da tropa de paus mandatos do Eduardo.

Um deles, o líder do governo, deputado Sinésio Campos (PT) que chamou para si a relatoria do projeto se mostrou contrariado, mais ainda diante da presença do médico Marcus Barros secretário municipal indicado por Serafim Corrêa para negociar a mudança no texto.
Após a reunião, Fomos entrevistar Sinésio. Durante o encontro na porta da sala de reunião da Comissão de Constituição e Justiça, ele notou que Marcus Barros estava concedendo entrevista a outro grupo de jornalistas.

Ao ver a cena, Sinésio em tom ríspido ordenou a um dos seus assessores: “Hei vai lá ver o que aquele “filho da puta”está falando”. Foi uma total falta de respeito para com a pessoa de Marcus Barros, um profissional médico respeitabilíssimo no Amazonas, no País e referência no exterior e com uma vida política ilibada, um dos grandes quadros que o PT amazonense já teve.// (Eduardo Gomes)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here