Trânsito

BR-319 tem apenas um trecho liberado pelo DNIT

FOTO: DIVULGAÇÃO

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) liberou na tarde desta segunda-feira (23) a passagem de veículos na altura do km 20 da via. O trecho havia cedido devido a força da água de um igarapé que ali passa. Uma cratera se abriu e o trecho ficou comprometido.

A superintendente Regional do Dnit no Amazonas, Arlene Maria Lamego da Silva Campos, esteve no trecho onde a pista cedeu. Uma equipe se instalou no local para realizar um planejamento de recuperação.

O trecho que havia sido interditado na manhã de ontem está localizado depois do Careiro da Várzea e antes da estrada de Autazes (AM-254), que fica no KM-39 da BR-319. Com isso, os moradores das vilas do Araçá e Sumaúma, no Careiro Castanho, além da sede municipal e todos os demais municípios servidos pela rodovia, ficaram privados do tráfego, indo ou vindo para Manaus.

O trecho que rompeu passou por obras recentes, por parte de empresa contratada pelo DNIT. Houve uma renovação completa dos bueiros, justamente para tentar evitar esse tipo de rompimento. Ainda não há outra explicação, além da força da água, para a abertura da cratera. O mais provável é que a enchente recorde tenha fragilizado o local e provocado o rompimento progressivo, até a interdição. (PMS)

Deixe um comentário