Bloco “Xô Mosquito” alerta para o combate ao Aedes aegypti

(Foto: Nathalie Brasil/Semcom)

Com o bloco “Xô Mosquito”, profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) participaram neste sábado, 2/3, da abertura do desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial em Manaus, no Centro de Convenções Sambódromo, Alvorada, zona Centro-Oeste.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, a apresentação do bloco é uma oportunidade da Prefeitura de Manaus alertar a população na prevenção às doenças causadas pelo Aedes e sobre a importância das ações para evitar a proliferação do mosquito, mesmo no período carnavalesco.

“Cada pessoa deve manter a atenção e colaborar no combate ao Aedes, garantindo que a própria residência fique livre de depósitos que possam ser transformados em focos para a proliferação do mosquito”, alertou Marcelo Magaldi.

O bloco “Xô Mosquito” reuniu gestores da Semsa, assim como profissionais das áreas de Vigilância em Saúde,  Atenção Básica e de Educação em Saúde, utilizando fantasias e adereços, incluindo agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A programação também foi realizada com a parceria com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

“A participação no bloco é mais um esforço que os profissionais da Semsa fazem para colaborar na redução dos riscos de doenças como dengue, zika e chikungunya, que podem prejudicar a população como um todo, atingindo homens, mulheres, crianças, adultos e idosos”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), enfermeira Marinélia Ferreira.

Prevenção

Durante a apresentação do bloco, os servidores da Semsa aproveitaram para chamar a atenção sobre o risco de outras doenças, como tuberculose e as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/Aids).

A Semsa realizou ainda a distribuição de preservativos durante o desfile das escolas de samba. Esse mesmo trabalho vem sendo executado em apresentação de bandas, blocos e desfiles de escolas de samba, durante todo o período de carnaval, nas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural. A previsão é que, até o final dos eventos carnavalescos deste ano, sejam disponibilizados ao menos 600 mil unidades de preservativos masculinos e 120 mil de gel lubrificante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here