Bi Garcia vai recorrer da decisão judicial que o afasta da Prefeitura de Parintins

Bi Garcia

Nesta terça-feira (12), o juiz federal substituto Lincoln Rossi da Silva Viguini, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região condenou o prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), à perda de mandato, além do pagamento de uma multa de R$ 300 mil e a devolução de R$ 3 milhões aos cofres públicos. Bi Garcia emitiu nota informando considerar a decisão equivocada e que irá recorrer.

Abaixo você confere a nota publicada

Em relação à decisão do juiz federal Lincoln Rossi da Silva Viguini, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região da Seção Judiciária do Estado do Amazonas, referente ao processo 0004812-69.2013.4.01.3200, venho a público esclarecer que recorrerei desta decisão, movida pelo Ministério Público Federal, em primeira instância, por considerá-la equivocada.

Na minha defesa, apresentarei documentos que comprovam a boa aplicação dos recursos da Prefeitura de Parintins na gestão 2008/2012, desmistificando o argumento de improbidade administrativa.

Esclareço ainda que, em decorrência da grave crise financeira enfrentada em todo o Brasil durante o ano de 2009, mantive as contas da Prefeitura em dias com o pagamento de servidores e certidões negativas, deixando-a adimplente.

Desse modo, mesmo com todas as dificuldades financeiras enfrentadas, não houve autobenefício nem má fé de minha parte em razão de que os encargos previdenciários foram efetivados posteriormente.

Frank Luiz da Cunha Garcia
Prefeito Municipal de Parintins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here