Belarmino Lins denuncia Claro e Vivo à Anatel por péssimos serviços em Ipixuna

Dep. Belarmino Lins (PP)

Distante 1.365 quilômetros de Manaus em linha reta, o município de Ipixuna, além da grande enchente que atormenta sua população, está quase isolado da capital do Estado por causa dos péssimos serviços prestados pelas empresas de telefonia móvel Claro e Vivo. A denúncia é do deputado estadual Belarmino Lins (PP) que, em Moção de Apelo aprovada pela Assembleia Legislativa, pediu ao presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Martinho do Nascimento, providências urgentes contra as operadoras.

Segundo denúncia do vereador Joas Oliveira (PTB), encaminhada ao líder do PP na Aleam, os serviços das duas operadoras em Ipixuna não estão correspondendo aos padrões referenciais de telefonia móvel exigidos pela Anatel em todo o País. “Os serviços são absolutamente precários, por incompetência e negligência das operadoras, resultando em lamentáveis prejuízos à população local”, ressalta Belarmino.

Problemas referentes ao fornecimento de energia elétrica e ao péssimo sinal de Internet agravam a situação, levando à indignação os usuários de telefonia móvel violentados em seus direitos fundamentais, afirma o parlamentar. “O descaso, como não poderia deixar de ser, produz incontáveis prejuízos à comunidade de comerciantes, sem a conexão adequada e necessária para o gerenciamento dos seus negócios”, assinala o deputado.

Conforme Belarmino, a prefeita Maria do Socorro Oliveira e o vice-prefeito Altemir Saraiva estão preocupados com o quadro de dificuldades gerado pela crise das telefonias, bem como a Câmara de Vereadores que, por meio do vereador Joas Oliveira, resolveu se mobilizar denunciando as operadoras. “Em Ipixuna, todos estão mobilizados contra esse absurdo estado de coisas e aqui na Aleam nós estamos solidários fazendo ecoar nosso grito de apelo e protesto junto a Anatel”, frisa o deputado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here