Cultura

Bebê de ‘Nevermind’ processa Nirvana por pornografia infantil

No processo, Spencer Elden pede uma indenização de pelo menos US$ 150 mil de cada um dos 15 réus. FOTO: INTERNET

Spencer Elden não consegue esquecer o “Nevermind”. O bebê que aparece nu em uma das capas mais icônicas do rock está com 30 anos e decidiu processar o Nirvana. Elden acusa o grupo de produzir pornografia infantil e de realizar o ensaio que deu origem à capa de ‘Nevermind’ sem o seu consentimento. No processo, ele pede uma indenização de pelo menos US$ 150 mil de cada um dos 15 réus, que incluem os membros sobreviventes da banda, a viúva de Kurt Cobain, Courtney Love, e as gravadoras que lançaram ou distribuíram o álbum nas últimas três décadas.

Na foto do álbum que completa 30 anos de lançamento em setembro, o “bebê do Nirvana” aparece nadando nu em direção a uma nota de um dólar presa num anzol, com sua genitália visível. Elden, que tinha quatro meses quando a imagem foi feita, diz que sofreu “danos ao longo da vida”, incluindo “sofrimento emocional extremo e permanente com manifestações físicas”.

O processo aberto por Spencer repercutiu mal entre os fãs da banda. Ele chegou a apagar de sua conta no Instagram uma foto em que, ainda jovem, segurava o disco nos braços. A postagem estava recebendo centenas de comentários agressivos contra Elden.

Em 2016, Elden chegou a recriar a capa para uma matéria do “New York Post” marcando os 25 anos do disco. “Eu disse ao fotógrafo:‘ Vamos fazer isso (comigo) nu’. Mas ele achou que seria estranho, então usei meu calção de banho”, disse sobre a sessão fotográfica.

Na ocasião, ele comentou ainda: “É legal mas estranho fazer parte de algo tão importante que eu nem me lembro”, e garantiu que a fotografia abriu muitas portas para ele. “Tenho 23 anos e sou um artista. Essa história me deu oportunidade de trabalhar por cinco anos com Shepard Fairey (um importante designer gráfico), o que foi uma experiência maravilhosa”.

No mesmo ano, ele também disse: “Recentemente, tenho pensado: ‘e se eu não estivesse bem com meu maldito pênis sendo mostrado para todo mundo?’ Eu realmente não tive escolha”. Ele já havia recriado a imagem para a Rolling Stone, aos 10 anos.

Autoironia

A ideia da foto de ‘Nevermind’ surgiu após o líder da banda Kurt Cobain e o baterista Dave Grohl assistirem a um documentário sobre partos dentro d’água, segundo Robert Fisher, que desenhou a capa do álbum. A imagem é vista por muitos fãs como uma autoironia, por ilustrar o primeiro álbum da banda após assinar contrato com uma grande gravadora.

Elden afirma que nunca foi pago para aparecer na capa e que seus pais nunca assinaram um formulário de autorização para a imagem. No entanto, em entrevista anterior ao jornal “The Guardian”, o rapaz havia contado que os pais receberam uma quantia pela sessão de fotos: “Me fotografaram dentro d´água e pagaram U$S 200. Não foi nada demais”.

Segundo Spencer, seus pais conheciam a banda, embora não fossem muito fãs de grunge. A oportunidade de fazer a foto surgiu por acaso. Na época, seu pai estava na Escola de Artes e ajudava os amigos em alguns projetos, quando foi convidado pelo fotógrafo Kirk Weddie para levar Spencer ao ensaio.

Weddle, que fez a imagem, disse ao Guardian em 2019: “Ainda estou em contato com Spencer. Eu costumava pensar: ‘Cara, quando aquele garoto tiver 16 anos, ele vai me odiar!’ Ele não odeia, mas ele está em conflito com a imagem. Ele sente que todos ganharam dinheiro com isso e ele não. Acho que ele merece algo. Mas são sempre as gravadoras que ganham dinheiro.” (AGÊNCIA O GLOBO)

Deixe um comentário