Banzeiro do Stones Machado

O histórico pedetista Stones Machado, membro da executiva estadual e nacional do PDT, decidiu pedir sua desfiliação do Partido Democrático Trabalhista. O histórico militante, tem quarenta anos de filiação no partido trabalhista, sendo um dos membros fundadores desta sigla partidária no Amazonas.

Depois, de ser hostilizado pelo presidente do PDT/AM, Stones decidiu não permanecer na sigla trabalhista. O militante diz que uma das razões de se desfiliar no partido é que o Hissa, na qualidade de presidente do partido e de forma autoritária tal qual um coronel de barranco, pouco reuniu-se com membros da executiva do partido, para decidir os caminhos a serem tomados pelo PDT.

De forma ditatorial, tem tomado decisões esdrúxulas como: filiar no PDT, prefeitos e políticos chamados fichas suja, como e o caso do prefeito de Iranduba.

Todas as decisões partidárias, que envolvem filiações e pré-candidaturas tanto na capital, quanto no interior são tomadas na calada da noite por Hissa, ele não respeita as instâncias partidárias, quando sabemos das medidas tomadas e através da imprensa convencional e mídia social.

Machado, que e companheiro e amigo pessoal do nosso presidente nacional LUPPI, comunicou ao presidente nacional, sua decisão irrevogável de se afastar do partido.

Stones mandou uma mensagem aos amigos pedetistas:

As mudanças acontecem em nossa vida o tempo inteiro, eu, Eu, Eu, Stones Machado um dos fundadores do PDT/Am, deixo a sigla trabalhista fundada por Leonel Brizola e Darci Ribeiro, mas não os pensamentos e ideais Trabalhistas, de fazer bem ao povo mais humilde, as vezes é preciso aceitar a correnteza e deixar que a água siga seu curso normal.

Para que possamos conseguir sobrevivência, é assim na natureza e assim na vida, para vocês que ficam continuem defendo um sonho de Brasil Planejado, para os que vão tenho certeza que continuaram a luta, pois, agora e momento de agradecer a Deus e na certeza que para fazer o Bem, não precisa ser padre, ou ser pastor…. mas, basta ter atitudes que representem o que realmente acreditamos.

Stones Machado, Boa sorte.

*Paulo Onofre

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here