Bandido trapalhão atira em policial e acerta a própria perna

A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Integrado de polícia (DIP), no bairro Praça 14, zona Centro-Sul da capital. Os assaltantes, todos jovens abaixo dos 21 anos, invadiram uma clínica ginecológica no bairro São Francisco, na mesma zona da cidade. Não se contentaram em roubar os pertences das vítimas, mas também tentaram matar uma policial que tinha consulta marcada no local.

Segundo a vítima, uma escrivã da Polícia Civil, ela estava aguardando a consulta na clínica ginecológica, quando os bandidos entraram no local e fizeram um “arrastão”. Quando se descobriu que a mulher era policial, por meio dos documentos, Matheus, um dos bandidos, apontou a arma para o rosto dela. Mas a arma enguiçou. Ele apontou para o chão e tentou disparar novamente. Foi quando a bala atingiu a perna dele.

Matheus, que é um velho conhecido da polícia, afirmou que teria tentado fugir ao descobri que se tratava de uma policial.

“Eu apenas tentei correr quando vi que se tratava de uma policial e a arma caiu,” disse o acusado atrapalhado.

Mas havia muitos testemunhas no local. Todas confirmaram a tentativa de homicídio, destacou a delegada Fernanda Antonucci.

“Nós confirmamos que ele foi atrás dela e chegou a apontar a arma para o rosto da policial. Só não conseguiu o objetivo – que era matá-la -, porque a arma enguiçou”, destacou a delegada.

Em diligência na casa dos acusados, a polícia encontrou parte do material roubado das vítimas da clínica. Também uma das armas caseiras usadas em um assalto e uma porção de entorpecentes.

Agora, o bandido trapalhão e a quadrilha dele vão passar um tempo fora de circulação, mas ninguém sabe até quando.

(com Rede Tiradentes)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here