Bancários de São Paulo entram em greve na segunda (19)

sindicato dos bancários de São Paulo e Osasco confirmou participação na paralisação marcada por centrais sindicais para a segunda-feira (19). A decisão foi tomada em assembleia realizada na sexta-feira (16).

Como explica a revista Veja, a greve foi marcada em protesto contra a votação da reforma da previdência, que devia ser discutida na Câmara na próxima semana. Com a decisão do governo federal de intervir na segurança do estado do Rio, o projeto não poderá ser apreciado na Casa, mas a paralisação foi mantida pelos movimentos sindicais.

Além dos bancário São Paulo e Osasco, também devem aderir à greve: bancários e metalúrgicos do ABC e professores particulares e municipais de São Paulo.

Intervenção vs reforma

Segundo a lei, o texto da Constituição não pode sofrer modificações “na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio”.

Como a reforma da previdência está sendo feita por meio de uma PEC (proposta de emenda à Constituição), ela teria de ser interrompida no período, assim como as demais alterações constitucionais. A intervenção pode durar até o final deste ano. As informações são do Notícias ao Minuto.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here