Artur Neto e Belarmino Lins destacam luta por nova universidade federal do Alto Solimões

Pref. Artur Neto / Dep. Belarmino Lins

“Nunca na história do processo educacional do Alto Solimões houve uma causa mais nobre, pelo que acredito, sinceramente, que os esforços conjuntos das lideranças políticas locais com as forças parlamentares da Assembleia Legislativa e do Congresso Nacional produzirão os louros da vitória que todos nós buscamos”.

Assim o deputado estadual Belarmino Lins (PP) destaca o movimento liderado pelo prefeito David Bermeguy em favor da criação da Universidade Federal do Alto Solimões (UFAS). Nesta sexta-feira (22), a partir das 14 horas, será realizada uma audiência pública no Ginásio Arnaldo Pires, em Benjamin Constant, para debater a questão e traçar uma estratégia política com o objetivo de sensibilizar o MEC (Ministério da Educação) a contemplar a luta pela criação de um novo estabelecimento de ensino superior no interior do Estado.

Prefeito David Bermeguy

Na tarde de quarta-feira (20), antes de viajar com destino a Brasília, o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), declarou que tudo fará para ajudar a causa, que afirma ser justa e oportuna para impulsionar a educação no Alto Solimões. “A expansão de uma universidade significa expansão do conhecimento e por isso o meu apoio é incondicional a criação da UFAS em uma região geograficamente estratégica para o Amazonas e para o Brasil. Eu faço questão de destacar a luta do prefeito David Bermeguy e de toda a população do Alto Solimões, já que essa luta pode resultar em um grande trunfo a bem do Solimões e a bem do Amazonas”, manifestou Arthur.

Já confirmaram presenças na audiência os deputados federais Marcelo Ramos (PR) e Sidney Leite (PSD), além do estadual Álvaro Campelo (PP), dentre outros. Os deputados-irmãos Belarmino Lins e Átila Lins, ambos do PP, por razões de agenda, não participarão da audiência, mas enviaram vídeos de apoio e garantiram que pressionarão o MEC para que o sonho da UFAS se concretize ainda em 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here