Arsam fiscaliza mais de 200 táxis em operação surpresa e flagra irregularidades

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam), em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (Batran-AM), realizou fiscalização tendo como alvo os táxis que realizam o transporte intermunicipal de passageiros por fretamento.

Nas 212 abordagens, foram verificados itens de segurança como o estado de conservação dos pneus, o uso de cinto de segurança, documentação do condutor, acondicionamento de bagagens e orientação quanto ao cadastramento obrigatório da atividade na Arsam, que começará a vigorar a partir de 1º (quinta-feira) de fevereiro. O trabalho foi feito na última sexta-feira (19/01).

Os locais de embarque e desembarque de quem opta pelo fretamento de táxis também foram visitados pela fiscalização. Após reuniões realizadas com as autoridades de trânsito e prefeitos dos municípios de Manacapuru, Iranduba, Novo Airão, Rio Preto da Eva, Itacoatiara e Presidente Figueiredo, ficou definido que os passageiros dessa modalidade só podem embarcar nesses pontos, organizados por sindicatos, associações e cooperativas devidamente cadastrados na Arsam.

A Operação Táxi Seguro IV foi realizada para coibir o transporte clandestino de passageiros e orientar os condutores quanto à obrigatoriedade de cadastro junto ao órgão regulador, a Arsam, para a autorização dos serviços de transportes intermunicipais de passageiros. Na ação surpresa, foram aplicados 17 autos de infração. A blitz garantiu a segurança de 1.091 passageiros que transitaram entre os municípios da Região Metropolitana de Manaus.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here