Aproximadamente 300 crianças participam do CBF Social no estádio da Colina

FOTOS: MAURO NETO/ ALESSANDRA REIS
FOTOS: MAURO NETO/ ALESSANDRA REIS

Na manhã deste sábado (24/03), aproximadamente 300 crianças participaram do Festival de Futebol, no Estádio Ismael Benigno (Colina), localizado no bairro São Raimundo, zona oeste de Manaus. A ação faz parte do cronograma de atividades organizado pelo CBF Social, ligada à presença da Seleção Brasileira Sub-20 na capital amazonense, tendo em vista o amistoso contra a equipe do México, que será realizado neste domingo (25/03), às 18h, na Arena da Amazônia.

O jogo é uma realização da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em parceria com o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Segurança Pública (SSP), e vai contar com o apoio da Federação Amazonense de Futebol (FAF) e Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

Para as atividades realizadas pelo CBF Social no Estádio da Colina, foram formadas várias equipes, que fizeram brincadeiras com a bola, praticaram diversas jogadas, toques de bola e, como não poderia deixar de ser, jogaram futebol. Crianças da capital e do Interior puderam participar da iniciativa, sob os olhos atentos dos pais e responsáveis, que não perderam um lance de seus futuros campeões.

Estímulo à prática esportiva – A secretária da Sejel, Janaina Chagas, falou da importância dessa ação para as crianças e como isso influencia na vida de cada uma delas. “Alimentar sonhos é sempre gratificante. Hoje temos 300 crianças e, portanto, 300 sonhadores. Pensando nisso, o Governo do Amazonas, por meio da Sejel, tem buscado proporcionar esse estímulo à prática esportiva em todas as modalidades. Para as crianças, até mesmo vestir um colete com o símbolo da Seleção Brasileira, representa muito, pois elas se sentem parte de tudo isso, e plantar essa semente no coração delas, com certeza terá um reflexo positivo e irá torná-los campeões muito em breve”, afirmou.

De acordo com Diogo Netto, gerente de responsabilidade social da CBF, nove Estados já foram contemplados com o Festival do Futebol e usar o esporte como ferramenta de inclusão social é uma das prioridades da Confederação. “A CBF leva para as comunidades carentes ações sociais que permitem que crianças e jovens possam entrar em campo e, de uma certa maneira, fazer parte da Seleção e ‘vestir a camisa’ desse País que é apaixonado pelo futebol. Em Manaus, dentre as atividades programadas, teremos a ida de cerca de duas mil crianças ao amistoso de forma gratuita, teremos crianças que irão entrar com a Seleção Brasileira Sub-20, enfim, tudo feito para beneficiar aqueles que serão os futuros ídolos do futebol”, disse.

Iranduba – O volante Davi Soares, de 13 anos, saiu bem cedo de seu município, Iranduba (a 30 quilômetros de Manaus), junto com seu time de futebol Acel/Cadan, da Associação de Cultura, Esporte e Lazer de Iranduba, e veio de transporte coletivo para Manaus, só para participar da ação promovida pelo CBF Social. “Hoje treinei bastante, toquei bola, driblei, fiz gol e estou feliz por participar junto de minha equipe deste evento”, afirmou.

Inclusão – Para João Batista, de 17 anos e jogador do Fast Vila, cada minuto em campo está valendo à pena. “Estou muito feliz por estar jogando futebol com meus amigos. Já fiz muitos gols e amanhã vou ao jogo da Seleção Brasileira contra o México. Tenho certeza que o Brasil vais ser campeão”, disse João, que possui Síndrome de Down.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here