Apenas Itacoatiara prestou contas do Fundeb no AM, mas guardou o dinheiro

O deputado Serafim Corrêa (PSB) falou nesta quarta-feira,18, sobre  a importância da transparência nos números do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). De acordo com dados do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) apresentados pelo parlamentar, dos 62 municípios amazonenses, apenas Itacoatiara prestou contas do benefício, mas guardou o dinheiro.

“O Fundeb é importante e cuida da educação. Os municípios amazonenses receberam R$ 294 milhões de diferença do benefício referente a 2016. Dos 62 municípios do Estado, apenas Itacoatiara prestou contas. Isso é algo que nos preocupa, mas cumprimento o prefeito Antônio Peixoto (PT) pela iniciativa e por ter sido transparente”, disse.

No ranking nacional, o Amazonas ficou em baixa posição e teve apenas 2,47% de aproveitamento.

“Itacoatiara gastou apenas 23% com pagamento de profissionais do magistério,quando deveria ter gasto, no mínimo, 60%, e manteve em caixa 67,59%, quando o máximo permitido é de 5%. Traduzindo, tem o dinheiro e não sabe usar. Ou seja, o que a Prefeitura de Itacoatiara está precisando é de orientação de como usar o dinheiro que caiu em sua conta com o objetivo de melhorar a educação, mas está mantendo guardado”, explicou Serafim.

O líder do PSB ainda também falou, na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), da necessidade que a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) tem de incluir em seu curso de Gestão Pública a preparação de profissionais para operarem esses sistemas do governo Federal, principalmente em reação a prestação de contas.

“Isso nos remete para a necessidade de recriarmos o Icoti (Instituto de Cooperação Técnica Intermunicipal), órgão estadual que prestava esta assessoria aos municípios”, finalizou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here