Andressinha retorna ao Iranduba para disputar o Brasileiro Feminino

A meio-campo foi anunciada de volta ao time amazonense na noite de ontem (7) e já deve chegar a Manaus hoje. (Foto: Antônio Lima)

Um dos reforços do Iranduba na Libertadores Feminina, Andressinha, continua no time para o Campeonato Brasileiro. O anúncio foi feito pelo clube ontem (7). A meio-campo deve chegar a Manaus na noite desta sexta-feira (8).

“A Andressinha gosta muito do Iranduba, da torcida, da cidade de Manaus e como nesse período pré-copa, ela terá que ficar no Brasil, houve essa conversa. Ela já trabalhou comigo, com as meninas não só aqui como no Kindermann e vamos ter novamente essa craque em Manaus para o nosso torcedor ficar contente e continuar lotando a Arena da Amazônia”, explicou o diretor de futebol do Iranduba, Lauro Tentardini.

A primeira passagem de Andressinha pelo Iranduba foi no ano de 2017 quando ela disputou o Campeonato Amazonense e foi hepta com a equipe. Em 2018, ela voltou a Manaus para jogar a Libertadores Feminina e marcou dois gols na competição em que o Hulk foi terceiro lugar. Somando as duas passagens no Iranduba, a jogadora tem seis gols.

Mais reforços

Além de Andressinha a atacante Palominha também reforçará o time amazonense, As jogadora vem do Sport Recife após o clube dispensar as jogadoras da equipe feminina no início do ano, quando o fim do futebol feminino chegou a ser anunciado. Porém, o clube não entregou documento de desistência à CBF.

A jogadora tem passagem pelo Leão da Ilha do Retiro e também já vestiu a camisa de Vitória das Tabocas, Tiger-SP, Chapecoense, Joinville e Centro Olímpico. A jogadora de 19 anos ainda vestiu a camisa da Seleção Sub-17 e foi chamada para períodos de treinos com o time canarinho.

“A Paloma é uma atacante forte, que chuta muito bem e tem uma potência e direção muito boa”, explicou Tentardini.

Até o momento, o Iranduba tem no plantel 23 jogadoras. Tentardini admitiu que o clube ainda busca reforços. “Estamos vendo se aparece mais alguma boa oportunidade já que o campeonato é longo”, explica.

O Iranduba estreia no Brasileiro Feminino no dia 17 de março, às 17h (de Manaus) contra o Flamengo, na Arena da Amazônia. Neste ano, o campeonato terá uma fórmula diferente: o de um grupo único de 16 times, onde todos os times se enfrentarão. Os oito melhores classificam para as quartas de final e a partir desta fase, adota-se o sistema de mata-mata. As classificadas saem após jogos de ida e volta.

fonte: ACRÍTICA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here