Amazonino e Wilker alertam para a necessidade de garantir recursos para compra de vacina contra Covid-19

Foto: Divulgação

O candidato à Prefeitura de Manaus pela Coligação Juntos Podemos Mais, Amazonino Mendes, chamou a atenção para uma questão importante de saúde pública: a garantia de que a população terá vacina contra o novo coronavírus. Ele alertou que é preciso, desde agora, assegurar verba para a compra das vacinas assim que forem liberadas, a exemplo do que já fizeram os governos do Rio Grande do Sul e de São Paulo.

A coligação, disse Amazonino, tem discutido o assunto e vem tomando providências, mesmo antes da definição do processo eleitoral, para não permitir que a cidade fique desassistida. “Não podemos esperar. Temos que agir, para garantir vacina para a população. E de forma prática, já definindo os recursos para que a Prefeitura possa comprar as doses necessárias e planejar a imunização. A vida das pessoas é o bem mais importante. Sem vacina não tem vida normal, não tem tranquilidade para viver”, ressaltou.

Uma dessas ações práticas, segundo ele, é o Projeto de Lei (PL) apresentado, na última quarta-feira (07), na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), pelo candidato a vice na chapa de Amazonino, deputado estadual Wilker Barreto. O PL institui a criação de um Fundo Estadual Especial para a aquisição de vacinas contra o novo coronavírus no Amazonas.

Ainda na quarta-feira, em visita ao presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Joelson Silva (Patriota), Wilker Barreto propôs que a Casa também crie um fundo especial para aquisição de vacinas. “Está na hora de governador e prefeito sentarem-se à mesa e juntos reservarem recursos para proteger a população”, destacou.

O objetivo da PL, conforme explicou Wilker Barreto, é buscar recursos de forma exclusiva para a compra e distribuição das vacinas, que já estão em fase de testes, com previsão para liberação até janeiro de 2021. “Estado e Prefeitura precisam se antecipar para garantir verba para a compra das vacinas, que terão procura em nível mundial”, afirmou Barreto.

Ao apresentar a PL, ele citou o exemplo do Governo do Rio Grande do Sul, que já anunciou uma reserva orçamentária de R$ 200 milhões para a compra de vacinas contra a Covid-19, sendo R$ 100 milhões repassados pela Assembleia Legislativa e a outra metade por meio de emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021.

O Governo de São Paulo também já se adiantou com relação à aquisição de vacinas, assinando termo de compromisso com a biofarmacêutica Sinova Life Science para fornecimento de 46 milhões de doses da Coronavac ao estado, até o final do ano.

O apelo de Wilker é para a criação urgente de um fundo específico para a compra das vacinas. “Se não fizermos isso, será a mesma corrida como foi a procura pelos respiradores. Faço um apelo para que, juntos, tanto base quanto oposição, entendam que precisamos imunizar pessoas que estão correndo sério risco com essa doença”, explicou Wilker, na ocasião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here