AM lidera ranking nacional de cumprimento das exigências do Bolsa Família na área da Saúde

Amazonas em 1º lugar no acompanhamento de saúde dos beneficiários do Bolsa Família (Foto: José Nildo/Semsa)

O Amazonas está na liderança do Brasil no cumprimento das exigências do Bolsa Família relacionadas à Saúde. A informação é da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), que acompanha o desempenho de todos os municípios e está certificando os que alcançam a meta estadual. Os municípios têm até domingo (31/12) para enviar as informações ao Ministério da Saúde. Caso as exigências previstas não sejam cumpridas, o benefício pode ser cancelado, bloqueado ou suspenso. 

Até o momento, 37 municípios já alcançaram a meta do Estado, de acompanhar 80,5% das famílias que recebem o benefício. Entre estes, quatro acompanham 100% das famílias: Careiro da Várzea, Alvarães, Guajará e Uarini.    

“Cada município possui sua meta pré-estabelecida. O sistema é online, então trabalhamos com um desafio que é o difícil acesso à internet no interior do Estado. Além disso, os municípios também têm dificuldade de contato com algumas comunidades na zona rural. Mesmo assim, estamos tendo bons resultados”, explicou a coordenadora estadual de Alimentação e Nutrição da Susam, Joselina Castro. 

A Susam é responsável por um monitoramento semanal e apoio técnico aos municípios. “Temos acesso ao sistema e, para incentivar os municípios, passamos a fazer um ranking semanal. Estes municípios estão sendo certificados como um reconhecimento pelo compromisso com o acompanhamento”, destacou Castro. 

Os municípios que já alcançaram a meta estadual são: Atalaia do Norte, Boa Vista do Ramos, Canutama, Careiro da Várzea, Coari, Envira, Humaitá, Ipixuna, Iranduba, Manacapuru, Maraã, Tabatinga, Tapauá, Alvarães, Guajará, Uarini, Tonantins, Anamã, São Sebastião do Uatumã, Amaturá, Barreirinha, Urucará, Nova Olinda do Norte, Silves, Parintins, Careiro, Labrea, Itapiranga, Anori, Apuí, Pauini, Manicoré, Tefé, São Paulo de Olivença, Jutaí e Nhamundá. 

Condicionalidades – Entre as exigências do Programa Bolsa Família, os beneficiários precisam receber serviços de pré-natal para gestantes, o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil e imunização. As famílias devem ser assistidas por uma equipe de saúde da família, por agentes comunitários de saúde ou por unidades básicas de saúde. 

De acordo com o Departamento de Atenção Básica e Ações Estratégicas (DABE) da Susam, os resultados parciais já apontam que nenhum município do Amazonas perderá os benefícios do Programa Bolsa Família por condicionalidades de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here