Aleam aprova Regime Próprio de Previdência do Estado

Dep. Serafim Correa
Dep. Serafim Correa

Aprovado pela maioria dos deputados nesta quarta-feira, 1 de novembro de 2017, o Regime Próprio de Previdência do Estado é de relatoria do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB-AM).

O projeto de lei complementar n. 12/2017, oriundo da Mensagem Governamental  83/2017,  altera na forma que especifica, a lei complementar complementar n. 30, de 27 de dezembro de 2001, e dispõe sobre esse novo método, estabelecendo planos de benefícios e custeio, criando órgão gestor e dando outras providências.
A proposição recebeu substitutivo encaminhado pelo poder executivo, através da mensagem governamental n. 85/2017, bem como emenda modificativa do deputado Luiz Castro. Com parecer conjunto das Comissões de Constituição, Justiça e Redação, de Finanças Públicas, de Saúde e Previdência; e de Obras, Patrimônio e Serviços Públicos.
Serafim Corrêa comemorou a aprovação. “Esse projeto é o que viabiliza a entrada do Tribunal de Contas do Estado, do Tribunal de Justiça e ainda do Ministério Público, no Sistema Previdenciário do Estado. Isso deveria ter acontecido em 2003 para passar a valer a partir de 2004. Depois de uma ampla negociação isso foi superado. A matéria agora vai para a aprovação do governador que deve sancionar o projeto.”. Serafim ainda disse que não haverá privilégios e o tratamento será igual para todos. “Não haverá nenhuma diferença entre o tratamento dispensado para servidores. Independente do cargo, todos irão pagar normalmente e irão receber benefícios iguais. Todos obedecerão às mesmas regras previdenciárias. Quem entrou até o dia 31 de dez de 2003, vai se aposentar pelo Fundo Financeiro, o que não é de responsabilidade da Amazonprev que apenas operacionaliza os pagamentos. Quem entrou da partir de 2004, irá se aposentar pelo Fundo Previdenciário”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here