Aleam acerta em se manter ativa e de portas abertas em julho, diz Belarmino Lins

Deputado Belarmino Lins (PP)

Em sessão híbrida na manhã desta terça-feira (7), o plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM) aprovou, por 14 votos a 7, a suspensão do recesso de julho, contemplando propostas dos deputados Belarmino Lins (Progressistas), Joana Darc (PL) e João Luiz (Republicanos).

Em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), que ainda causa transtornos à saúde da população amazonense, principalmente no interior do Estado, Belarmino ressaltou que a Aleam “acerta em se manter ativa em julho, sem fechar as portas, continuando suas atividades plenárias em respeito às demandas do momento”.

O recesso parlamentar estava marcado para o período entre 17 e 31 de julho, mas, com a decisão desta terça, está cancelado. A Aleam agora se iguala ao Congresso Nacional, que também já suspendeu o recesso previsto para este mês, mantendo, de forma híbrida, as atividades da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

“Sem descanso, durante todo o mês de julho prosseguiremos nossas ações parlamentares cumprindo o nosso dever de legislar sobre matérias de especial relevância em favor da população do Estado neste momento de luta contra o coronavírus”, comentou Belarmino Lins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here