Afonso Lins apresenta propostas para mais tecnologia e fiscalização no Conselho do CREA-AM

Foto: Divulgação

Tecnologia, luta pela valorização profissional e benefícios, são algumas das propostas do candidato à presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), o engenheiro Afonso Lins. Durante os últimos dois anos que esteve no comando do Crea, Afonso Lins, fez significativas mudanças na infraestrutura do Conselho e a expansão para o interior.

Além de querer continuar com esse legado, Afonso pretende lutar pela valorização profissional, e destaca que no Distrito Industrial, empresas contratam engenheiros como analistas, e planeja intensificar a fiscalização nesses locais para que isso não aconteça. “No Distrito Industrial existem muitas empresas que contratam engenheiros como analistas, pagando bem abaixo do piso salarial recomendado. Vamos fazer um concurso público no ano que vem e ampliar a equipe de fiscalização. Justamente para combater esse tipo de atividade no Distrito, ampliando ainda mais as fiscalizações nas empresas e cobrando para que elas contratem da forma correta”, afirma Lins.

Outro ponto é o pagamento da anuidade dos cartões. O Crea não tem autoridade de legislar sobre este assunto, cabe ao Conselho Federal. Mas Afonso tem proposta para ajudar o profissional. O Pagamento de Anuidade com Pontos do Cartão é uma inovação na forma de quitação os débitos com o Conselho. A ideia é habilitar a cobrança da anuidade do Crea-AM na solução financeira “Anule Contas”, oferecida pelo Banco do Brasil. Com isso, é possível utilizar pontos do programa Pontos pra Você e obter reembolso da parcela única da anuidade, desde que tenha sido paga nos últimos 30 dias. O serviço também se aplica a contas de água, luz e telefone, parcelas de empréstimos e seguros pagas em conta corrente.

Ainda nesse caminho da tecnologia e inovação, Afonso acredita que a procura de emprego será grande no pós-pandemia, e por isso destaca a criação da Minerva, uma inteligência artificial capaz de buscar vagas de trabalho fazendo uma varredura na internet e disponibilizando a vaga de acordo com o perfil cadastrado no site do Crea-AM.

“Quero que a empregabilidade cresça cada vez mais na nossa classe, e antes da pandemia, já havia pensado nessa idéia, agora mais do que nunca ela será essencial. Como sei que às vezes uma mão de obra humana não consegue alcançar todas essas vagas, estamos desenvolvendo essa possibilidade tecnológica que conseguirá encontrar todas essas oportunidades, vasculhando os diários oficiais em busca das melhores possibilidades e alertando os profissionais das vagas compatíveis com seus perfis cadastrados no site do Crea ”.

Afonso Lins pretende continuar fazendo a mudança no Conselho trazendo muito mais tecnologia e facilitando cada vez mais os serviços para que sejam acessíveis a todos os profissionais do sistema. “Quero continuar a mudança que começamos nesses últimos dois anos, e tornar o Crea cada vez mais a verdadeira casa do profissional, trazendo benefícios, facilitando e sendo um amparo para os registrados”, finalizou Afonso.

A eleição do Sistema Crea/Confea/Mútua já é na quarta-feira, dia 15 de julho, e além de eleger um presidente do regional e um do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), os profissionais poderão escolher também o diretor geral e diretor administrativo da Caixa de Assistência aos profissionais Mútua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here