59º Festival Folclórico do Amazonas inicia sexta-feira (3)

O festival acontece no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA)
O festival tem início no próximo dia 3, no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA)
O festival tem início no próximo dia 3, no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA)

Danças, comidas típicas, apresentações de quadrilhas e bumbás farão parte da rotina diária de Manaus a partir desta sexta-feira (3), quando terá início o 59º Festival Folclórico do Amazonas no Centro Cultural Povos da Amazônia (antiga Bola da Suframa). Ao todo, 74 grupos folclóricos da categoria ouro farão apresentações diárias até o dia 16 de julho, sempre a partir das 20h. O Festival Folclórico do Amazonas é uma das mais tradicionais festas do Estado e é promovido pelo Governo do Amazonas/Secretaria de Estado de Cultura em parceria com a Prefeitura Municipal de Manaus.

 
A entrada é gratuita e o público poderá conferir apresentações das mais tradicionais expressões do folclore amazonense, como: cirandas, dança do cacentinho, quadrilhas, além dos Bumbás Master Corre Campo, Garanhão e Brilhante. (a lista com a ordem das apresentações segue abaixo)
 
“O Festival Folclórico do Amazonas é uma das mais importantes expressões culturais do nosso Estado e um verdadeiro patrimônio cultural imaterial do Amazonas. Essa festa é responsável pelo resgate às tradições das festas folclóricas”, afirmou o governador do Amazonas, José Melo.
 
FESTIVAL-FOLCLORICO-AM8Os 74 grupos selecionados para a categoria ouro receberam um patrocínio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura de R$ 1.752.000, que serão distribuídos da seguinte forma: R$ 24.000,00 para cada grupo folclórico. Já os Bumbás Master A e B receberão R$ 619.014,00 do Governo do Amazonas. O financiamento será distribuído da seguinte maneira: R$ 158.338,00 para cada Bumbá Master A e R$ 48.000,00.
 
“Esse patrocínio é a prova de que o Governo do Amazonas acredita e investe nos mais diferentes tipos de manifestações folclóricas do nosso Estado. Quem for à arena do Centro Cultural Povos da Amazônia nas próximas semanas vai conferir um espetáculo tradicional e muito bem produzido”, afirmou o secretario de Estado de Cultura, Robério Braga.
 
Os bumbás da categoria Master A farão suas apresentações em um único dia (11 de julho). Os bois Corre Campo, Brilhante e Garanhão terão o tempo máximo de até duas horas de apresentação, com um intervalo de 15 minutos entre cada um deles.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here